Taxistas são presos com taxímetros adulterados no Aeroporto Santos Dumont

O dispositivo para adulterar o taxímetro estava instalado atrás do acionamento de uma das setas, em um dos carro, e no pedal, do outro

Por RAFAEL NASCIMENTO

Ação da Polícia Civil aconteceu em conjunto com o Ipem
Ação da Polícia Civil aconteceu em conjunto com o Ipem -
Rio - Uma ação conjunta da Delegacia Especial de Defesa do Consumidor (Decon) e do Instituto de Pesos e Medidas do Rio (Ipem-RJ) prendeu em flagrante, na tarde desta segunda-feira, dois taxistas que estavam com os taxímetros adulterados no Aeroporto Santos Dumont, no Centro do Rio. Os veículos de Eduardo Mota de Lima e Marcus Silva de Oliveira são da Cooperativa Aerosdumont e foram encontrados no setor de desembarque do aeroporto.
De acordo com o delegado Mario Jorge Andrade, titular da Decon, a fraude dos dois automóveis gera corridas acima do valor normal, prejudicando financeiramente os passageiros.
Dispositivos usados para adulterar o taxímetro - Divulgação / Polícia Civil

Em um dos veículos, o dispositivo eletrônico usado para adulterar o taxímetro estava instalado atrás do acionamento de uma das setas do carro. No outro, o acionamento era feito no pedal.
A prisão dos dois aconteceu após uma denúncia anônima. Com base em ações de inteligência da Decon, os policiais conseguiram identificá-los. Eles vão responder por crimes contra a ordem tributária, econômica e as relações de consumo.
Veja como um dos dispositivos funcionava!

Galeria de Fotos

Ação da Polícia Civil aconteceu em conjunto com o Ipem Divulgação / Polícia Civil
Dispositivos usados para adulterar o taxímetro Divulgação / Polícia Civil
Ação da Polícia Civil aconteceu em conjunto com o Ipem Divulgação / Polícia Civil

Comentários