Vídeo: integrante de grupo que fez família refém no Recreio rouba bolsa de R$ 10 mil

Mulher que integra bando rouba Prada de uma mulher dentro de um restaurante no Shopping Leblon. Quadrilha de seis chilenos atuava no roubo de residências e estabelecimentos comerciais e estava há uma semana no Rio

Por O Dia

Destacados, da esquerda para a direita: a mulher deixando o local com a Prada roubada, seguida pelo comparsa, enquanto, sentada, a vítima procura a sua bolsa
Destacados, da esquerda para a direita: a mulher deixando o local com a Prada roubada, seguida pelo comparsa, enquanto, sentada, a vítima procura a sua bolsa -
Rio - Um vídeo divulgado pela Polícia Civil mostra uma integrante da quadrilha de chilenos que invadiu um apartamento no Recreio e fez uma família refém no Recreio, na Zona Oeste do Rio, no último sábado, roubando uma bolsa Prada, avaliada em R$ 10 mil, dentro de um restaurante no Shopping Leblon, na Zona Sul da cidade, ocorrido no dia 12 de agosto. O bando, que conta com seis integrantes e atuam no roubo de residências e estabelecimentos comerciais, estava há uma semana no Rio e já era investigado pela 14ª DP (Leblon). Eles foram presos em ação conjunta com a 19ª DP (Tijuca) neste domingo.
No vídeo, com pouco mais de dois minutos, a ladra entra no restaurante junto um homem que também faz parte da quadrilha e finge estar interessada em uma mesa. Enquanto espera, ela procura pelo alvo, até perceber a bolsa Prada na alça de uma cadeia, numa mesa em que estão duas mulheres. 
Ela distrai um funcionário do restaurante, que sai de perto e, no instante que passa uma outra funcionária e uma cliente com um carrinho de bebê, a criminosa retira a bolsa da cadeia e esconde em um casaco. A dupla sai rapidamente de dentro do restaurante. A vítima percebe que alguém mexeu onde estava sentada, mas quando procura pela sua Prada, ela não está mais onde deixou.
Quadrilha estava há uma semana no Rio
De acordo com o delegado Antenor Lopes, titular da 14ª DP, a quadrilha estava há uma semana no Rio. Na invasão ao apartamento de um prédio na Avenida Genaro de Carvalho, no Recreio, no último sábado, eles mantiveram como refém uma família, incluindo um bebê de dois meses. As vítimas foram amarradas e os bandidos roubaram dinheiro, relógio, celular, cordão de ouro, pulseira de bebê, entre outros pertences. 
"Lá, eles mantiveram como refém uma família, incluindo um bebê de dois meses. As vítimas foram amarradas e os bandidos roubaram dinheiro, relógio, celular, cordão de ouro, pulseira de bebê, entre outros pertences", contou o delegado. 
Depois do furto no restaurante do shopping, a quadrilha começou a ser investigada. Com o roubo ao apartamento no Recreio, o setor de inteligência das duas delegacias os monitoraram perto do estabelecimento comercial onde roubaram a bolsa e três deles acabaram voltando ao local, provavelmente para praticar novos furtos. A Prada foi devolvida a sua dona. "A vítima ficou muito feliz", disse o delegado.

Galeria de Fotos

Quadrilha de chilenos estava há um mês no Rio e pratica roubos e furtos a residências e estabelecimentos comerciais na Zona Sul, Barra e Recreio. Último caso envolveu família refém, inclusive um bebê Divulgação
Quadrilha de chilenos estava há um mês no Rio e pratica roubos e furtos a residências e estabelecimentos comerciais na Zona Sul, Barra e Recreio. Último caso envolveu família refém, inclusive um bebê Divulgação
Quadrilha de chilenos estava há um mês no Rio e pratica roubos e furtos a residências e estabelecimentos comerciais na Zona Sul, Barra e Recreio. Último caso envolveu família refém, inclusive um bebê Divulgação
Quadrilha de chilenos estava há um mês no Rio e pratica roubos e furtos a residências e estabelecimentos comerciais na Zona Sul, Barra e Recreio. Último caso envolveu família refém, inclusive um bebê Divulgação
Suspeitos foram presos neste domingo por policiais WhatsApp O DIA
Jocelin Stephanie Serrano Ulhoa, Priscilla Alexandra Pohl Munhos e Victor Manuel Gonzalez Beiza, todos de 36 anos, foram presos na Avenida Afrânio de Melo Franco. Eles estavam em um apartamento alugado por temporada na Rua Prado Júnior, em Copacabana, onde a polícia recuperou a bolsa Prada e outros objetos de valor, como relógios e perfumes. Diante dos depoimentos, foram feitas novas diligências e foram presos outros chilenos em um prédio vizinho.
Diego Alejandro Briceno Salas, 28 anos, Juan Luís Flores Espejo, de 45, e Roberto Andrés Fuentes Manquecoy, de 39, estavam em um outro apartamento na mesma rua e com eles também foram encontrados produtos roubados, além de dinheiro em espécie. Segundo o delegado, o grupo praticou roubos no supermercado Pão de Açúcar e em endereços residenciais na Zona Sul e na Barra da Tijuca, assim como o apartamento no Recreio:
Três dos bandidos foram autuados por furto qualificado e associação criminosa. Os outros três, que estavam com documentos falsos da Venezuela e contaram na delegacia que eram venezuelanos, irão responder por roubo qualificado, associação criminosa e também por uso de documento falso.
 
Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Comentários