Polícia prende idoso acusado de colocar fogo e matar jovem de 24 anos na Penha

Vítima teve cerca de 85% do corpo queimado e chegou a ser internada, mas não resistiu

Por O Dia

Sérgio Carbone Campos, de 64 anos, já havia mantido a vítima em cárcere privado
Sérgio Carbone Campos, de 64 anos, já havia mantido a vítima em cárcere privado -
Rio - A Polícia Civil prendeu, na tarde desta terça-feira, um idoso acusado de colocar fogo e matar uma jovem de 24 anos, que chegou a ser hospitalizada, mas não resistiu. 
Sérgio Carbone Campos, de 64 anos, foi preso na Vila Cruzeiro, no Complexo da Penha, Zona Norte do Rio. Ele teria provocado um incêndio em sua própria residência, no dia 28 de janeiro, provocando lesões graves e queimando cerca de 85% do corpo da jovem Beatriz Ferreira do Nascimento. 
Beatriz foi levada ao Hospital Getúlio Vargas e, em seguida, transferida ao Hospital Pedro II, onde não resistiu, falecendo no dia 11 de março. 
Antes de morrer, Beatriz Ferreira foi ouvida, na UTI do Hospital Pedro II, por policiais da 22ª DP (Penha), quando revelou que Sérgio era uma pessoa extremamente violenta, que já havia a agredido e inclusive a mantido em cárcere privado. 
Sério foi preso preventivamente pelo crime de homicídio qualificado.

Comentários