Polícia Civil prende suspeito de matar vereador em Cachoeiras de Macacu

As investigações prosseguem visando apurar circunstâncias do crime e possíveis outros envolvidos

Por O Dia

Rio de Janeiro - A Polícia Civil prendeu, nesta quinta-feira, Fábio Vieira de Souza, conhecido como Cimuleco. Ele é suspeito de ter participado do assassinato do vereador Nelcemir Lagoas, no dia 20 de janeiro de 2016, quando a vítima chegava em sua residência, em Cachoeiras de Macacu. Na ocasião, o vereador atuava como vice-presidente da Câmara Municipal da cidade.
De acordo com a civil, o inquérito policial comprovou a participação de Fábio no homicídio, cuja denúncia foi recebida pelo Ministério Público. O suspeito agora se encontra sob custódia à disposição da Justiça. Contra ele foi cumprido mandado de prisão preventiva. 
Ainda segundo a Polícia Civil, as investigações prosseguem visando apurar circunstâncias do crime e possíveis outros envolvidos. Foram cumpridos mandados de intimação em vários locais da cidade, inclusive na Câmara Municipal local, além de outras diligências realizadas.
 
Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Comentários