Circuito Batalhas de Games  - Divulgação/Naldinho
Circuito Batalhas de Games Divulgação/Naldinho
Por O Dia
A quarta edição do Circuito de Batalhas de Games chegou à sua final no último domingo, no Unicirco Marcos Frota, e deu a primeira colocação para a equipe Cotoco, do Colégio Pedro II de São Cristóvão. Mais de 720 pessoas foram assistir à última etapa da competição. E o evento começou com uma homenagem à menina Ágatha, de 8 anos, que morreu dentro de uma kombi durante operação policial no morro do Alemão.
A homenagem foi realizada pela equipe do Cinema Nosso, que promove o circuito - e fomenta o acesso à arte, educação e tecnologia em comunidades por meio das diversas linguagens do audiovisual. “A gente precisa de uma cidade que preserve a vida das crianças, que faça prosperar, que faça nossas crianças e adolescentes terem sonhos e oportunidades. Esses projetos com as escolas que estão aqui hoje contribuem para uma cidade transitável. Porque a gente precisa sonhar, fazer jogos e não fazer a guerra”, afirmou a diretora do Cinema Nosso, Mércia Britto, assistida por uma plateia que incluía crianças da Escola Municipal Wilian Peixoto, do Complexo da Maré, que nessa semana tiveram que se proteger de tiros dentro da escola.
Publicidade
Na competição, 36 disputantes da Escola NAVE, do colégio Pedro II e da ONG Luta Pela Paz foram divididos em nove equipes, que tinham como objetivo derrotar os ETs piratas do jogo nacional Sailor Saviors.