Tiroteio no Chapadão atrasa início da operação do ramal de Belford Roxo da SuperVia

Passageiros se aglomeraram nas estações do ramal à espera de trens

Por O Dia

Estação lotada do ramal de Belford Roxo durante tiroteio
Estação lotada do ramal de Belford Roxo durante tiroteio -
Rio - O início da operação do ramal de Belford Roxo da SuperVia atrasou cerca de três horas e meia nesta quarta-feira, por causa de um intenso tiroteio no Complexo do Chapadão, na Zona Norte do Rio. Os disparos foram dados nas proximidades da estação Costa Barros, começaram por volta das 4h e duraram por pelo menos meia hora.
A SuperVia informou que a circulação dos trens não foi iniciada "para garantir a integridade de passageiros e funcionários". O ramal, que deveria começar a operar às 4h30, só começou a funcionar às 8h05.
Os disparos do tiroteio atingiram a rede aérea de uma das linha da região. Os reparos no local acabaram cerca de uma hora depois, às 8h.
"Em função de tiroteio nas proximidades de Costa Barros, a operação do ramal foi iniciada às 8h05, e trens circularam por apenas uma linha entre Rocha Miranda e Agostinho Porto, em razão de danos identificados na rede aérea. Técnicos da concessionária trabalharam nos reparos para normalizar a circulação no menor tempo possível", a concessionária informou, em nota.
Em um vídeo divulgado na Internet é possível ouvir parte do tiroteio na região; confira!
Por causa da falta de trens, as estações do ramal ficaram lotadas e muitos passageiros procuraram alternativas para chegar ao trabalho.
"Estou aqui na estação de Belford Roxo, tá um caos com a chuva e aglomeração de pessoas sem saber como chegar em seus destinos. Eu trabalho entre Costa Barros e Barros Filho, nem sei se vou conseguir chegar hoje no trabalho", um passageiro disse, pelas redes sociais.
De acordo com a SuperVia, somente neste ano, a circulação dos trens da companhia precisou ser alterada 61 vezes por causa de tiroteios nas proximidades de estações.
A Polícia Militar informou que agentes do 41º BPM (Irajá) foram enviados ao Chapadão, no início da manhã, por causa do tiroteio. Até o momento não há informações de presos, apreensões ou possíveis feridos em confrontos.
Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Comentários