Rock in Rio prevê movimentar R$ 1,7 bilhão na economia do Rio

Por O Dia

Rock In Rio acontece nos dias 27, 28 e 29 de agosto e 3,4, 5 e 6 de outubro
Rock In Rio acontece nos dias 27, 28 e 29 de agosto e 3,4, 5 e 6 de outubro -
Rio - Com a expectativa de receber 700 mil pessoas durante todo o festival, entre os dias 27 e 29 deste mês e de 3 a 6 de outubro, o Rock in Rio deve injetar R$ 1,7 bilhão na economia fluminense. A estimativa é da Fundação Getúlio Vargas (FGV). Em 2017, o total movimentado pelo evento foi de R$ 1,4 bilhão.

“O Rock in Rio atrai milhares de turistas de outros estados e do exterior, e gera inúmeras oportunidades de emprego. Isso resulta na dinamização da nossa economia”, disse o secretário estadual de Desenvolvimento Econômico, Emprego e Relações Internacionais, Lucas Tristão.

A rede hoteleira do Rio também comemora: deve ultrapassar os 80% de ocupação durante o evento, segundo o Sindicato dos Meios de Hospedagens do Município. Os bairros de Ipanema e Leblon são os mais procurados pelos turistas, chegando a 88% das reservas na primeira semana do festival. Já para a segunda semana do evento, a previsão é de média de 84% de ocupação da rede hoteleira na capital.

Ainda segundo o sindicato, a maioria dos turistas que vai se hospedar na cidade é formada de brasileiros, dos estados de São Paulo, Minas Gerais e Bahia. Já na lista dos visitantes de origem estrangeira, os americanos estão no topo, seguidos por argentinos e franceses.
Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Comentários