Polícia prende homens suspeitos de pertencer a milícia da Baixada Fluminense

Contra um deles havia mandado de prisão por homicídio

Por Meia Hora

Material apreendido com milicianos na Baixada Fluminense
Material apreendido com milicianos na Baixada Fluminense -
Rio - Policiais da Delegacia de Repressão as Ações Criminosas Organizadas (Draco) prenderam, na manhã desta quarta-feira, dois homens suspeitos de integrar a milícia de Danilo Dias Lima, conhecido como Tandera. De acordo com agentes, os criminosos atuavam no Conjunto da Marinha, em Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense.
Michel de Carvalho Ferreira, conhecido como Barba e Sérgio Caldas de Lima Silva foram presos após investigações da especializada. Com eles foram apreendidos uma pistola calibre .380, com numeração raspada, coturno, calça tática, uma caneca com o símbolo do chefe da milícia, radiostransmissores, diversos uniformes militares e capas de coletes balísticos.
Ainda segundo a polícia, contra Michel havia mandado de prisão preventiva pelo crime de homicídio qualificado. 
Durante a ação dentro do Conjunto da Marinha, em um apartamento vazio, foram apreendidos carregadores de fuzil, munições de fuzil, colete balístico, uma pistola glock calibre .9mm, uma granada, uma espada, pinos de cocaína, facas, toucas ninjas e uma arma de choque. A dupla foi encaminhada para a delegacia da região e irá responder pelos crimes de porte ilegal de arma de fogo e organização criminosa.
Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Comentários