Mulher é atingida por bala perdida no Jacarezinho

Polícia Militar informou que não há registro de confronto envolvendo PMs

Por O Dia

Taxista se protege dos tiros em um posto de gasolina no Jacaré
Taxista se protege dos tiros em um posto de gasolina no Jacaré -
Rio - A mulher atingida por uma bala perdida, no Jacarezinho, na Zona Norte do Rio, na manhã desta quarta-feira, segue internada, em estado estável, no Hospital Municipal Salgado Filho, no Méier, na Zona Norte do Rio. A vítima, de 50 anos, foi atingida na perna esquerda e irá passar por cirurgia. 
De acordo com a PM, uma equipe da Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) Jacarezinho foi acionada para prestar socorro à vítima. A corporação informou que não há registro de operação da Polícia Militar na comunidade.
A Polícia Civil informou que entrou em confronto com homens armados com fuzis na Travessa Jerusalém, esquina com a Rua Miguel Ângelo, em Maria da Graça. A troca de tiros começou quando uma equipe da Coordenadoria de Recursos Especiais (CORE) retornava para a Cidade da Polícia, após uma operação realizada no Andaraí. Segundo a corporação, os policiais foram atacados pelos criminosos. Após o confronto, policiais foram alertados sobre uma mulher ferida em outro ponto da via.
Na internet diversos vídeos de confrontos no Jacarezinho são compartilhados nas redes sociais. Em uma das imagens, policiais militares aparecem ao fundo. A PM disse que os agentes que estavam na comunidade, eram baseados na Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) Jacarezinho, e foram prestar socorro à vítima.
De acordo com o aplicativo Onde Tem Tiroteio (OTT-RJ), há informações sobre tiros na região desde às 8h50 desta quarta-feira.
Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Comentários