Polícia prende homem suspeito de aplicar mais de 30 golpes em taxistas

Contra ele também há mandados de prisão por ameaça, falsidade ideológica, entre outros

Por O Dia

Criminoso foi encaminhado a 32ª DP (Taquara), onde responderá pelos crimes
Criminoso foi encaminhado a 32ª DP (Taquara), onde responderá pelos crimes -
Rio - A Polícia Civil prendeu, nesta terça-feira, Wagner Alessandro da Silva, no bairro Taquara, na Zona Oeste. De acordo com agentes, contra ele havia mandado de prisão em aberto por estelionato. 
Ainda segundo investigações da polícia, Wagner fazia negociação para aquisição e venda de autonomias para taxistas. Na negociação, ele não efetuava o pagamento das quantias às vítimas e não devolvia os bens às mesmas. O estelionatário ficava com o dinheiro e o carro dos taxistas.
Agentes disseram ainda que o criminoso também responde pelos crimes de ameça, apropriação indébita, falsidade ideológica, supressão de documento e contravenção penal de perturbação da tranquilidade.
Wagner foi encaminhado para a 32ªDP (Taquara), onde responderá pelo crimes. 
Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Comentários

Polícia prende homem suspeito de aplicar mais de 30 golpes em taxistas O Dia - Rio de Janeiro

Polícia prende homem suspeito de aplicar mais de 30 golpes em taxistas

Contra ele também há mandados de prisão por ameaça, falsidade ideológica, entre outros

Por O Dia

Criminoso foi encaminhado a 32ª DP (Taquara), onde responderá pelos crimes
Criminoso foi encaminhado a 32ª DP (Taquara), onde responderá pelos crimes -
Rio - A Polícia Civil prendeu, nesta terça-feira, Wagner Alessandro da Silva, no bairro Taquara, na Zona Oeste. De acordo com agentes, contra ele havia mandado de prisão em aberto por estelionato. 
Ainda segundo investigações da polícia, Wagner fazia negociação para aquisição e venda de autonomias para taxistas. Na negociação, ele não efetuava o pagamento das quantias às vítimas e não devolvia os bens às mesmas. O estelionatário ficava com o dinheiro e o carro dos taxistas.
Agentes disseram ainda que o criminoso também responde pelos crimes de ameça, apropriação indébita, falsidade ideológica, supressão de documento e contravenção penal de perturbação da tranquilidade.
Wagner foi encaminhado para a 32ªDP (Taquara), onde responderá pelo crimes. 
Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Comentários