Trem do Samba não irá circular em 2019

Composição leva sambistas, turistas e passageiros da Central do Brasil à Oswaldo Cruz, em comemoração ao Dia do Samba

Por O Dia

AGÊNCIA DE NOTÍCIAS - PARCEIRO - O Trem do Samba em sua 23ª edição, em 2018 celebrando o samba e a sua história com shows e rodas realizadas da Estação Central do Brasil a Oswaldo Cruz em 32 vagões. Fotos: Paulo Carneiro/Parceiro/Agência O Dia
AGÊNCIA DE NOTÍCIAS - PARCEIRO - O Trem do Samba em sua 23ª edição, em 2018 celebrando o samba e a sua história com shows e rodas realizadas da Estação Central do Brasil a Oswaldo Cruz em 32 vagões. Fotos: Paulo Carneiro/Parceiro/Agência O Dia -
Rio - O tradicional Trem do Samba, pela primeira vez após 23 edições, não fará sua viagem em direção à Oswaldo Cruz, na Zona Norte do Rio. A saída da composição da Central do Brasil até o bairro da Zona Norte, é uma comemoração e homenagem ao dia do samba, na data de 2 de dezembro. A decisão sobre o cancelamento do evento foi tomada nesta quinta-feira.
A Supervia informou em nota que lamenta o cancelamento da edição do Trem do Samba de 2019 e destacou que se colocou à disposição para receber a celebração, como de costume, e que a decisão de não realizar esta edição coube exclusivamente aos organizadores.
Procurada, a prefeitura não se pronunciou sobre o caso.

Comentários