Farmácia é interditada em Copacabana por venda irregular de remédio para emagrecer

Medicamento é liberado apenas para venda com receita médica

Por O Dia

Vigilância Sanitária do Rio interditou farmácia em Copacabana por comércio irregular de sibutramina
Vigilância Sanitária do Rio interditou farmácia em Copacabana por comércio irregular de sibutramina -
Rio - A Secretaria de Vigilância Sanitária e Controle de Zoonoses do Rio interditou, na noite desta quarta-feira, uma farmácia em Copacabana, na Zona Sul do Rio, por irregularidades no estabelecimento. Entre os problemas, os inspetores encontraram produtos armazenados inadequadamente, falta de higiene e a venda irregular de sibutramina, um remédio indicado para emagrecimento.
No local, que fica no número 560 da Rua Barata Ribeiro, mais de 19 mil caixas do remédio de uso controlado estavam estocadas e foram apreendidas por ser uma quantidade incompatível com a rotina do estabelecimento. A farmácia foi denunciada por consumidores à Central 1746.
O sibutramina é controlado por representar riscos à saúde. Ele só pode ser vendido com receitas médicas, que não foram apresentadas pelo comerciante. Na inspeção, quatro notas fiscais referentes à compra de 30 mil unidades do remédio feita no último dia 3 de dezembro foram apresentadas, o que equivale à venda de dez mil caixas em apenas nove dias. Essa quantidade chamou a atenção da Vigilância Sanitária e, segundo a secretaria, é anormal para uma farmácia de bairro.
"O resultado foram três infrações, dois termos de intimação com exigências a serem cumpridas, um termo de apreensão de mercadoria e a interdição total. A farmácia ficará fechada até que o proprietário possa dar destino comprovado ao medicamento, que é a inutilização ou a devolução ao fabricante, mediante documentos. Ele terá ainda que corrigir todas as inadequações", explicou Flávio Graça, superintendente de Educação da Vigilância, que conduziu a ação com duas técnicas da Coordenação de Saúde do órgão.
Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Comentários