Fuga aconteceu na tarde deste domingo - Divulgação / Sind-Degase
Fuga aconteceu na tarde deste domingoDivulgação / Sind-Degase
Por O Dia
Rio - O Departamento Geral de Ações socioeducativas (Degase) atualizou, na manhã desta segunda-feira, o número de internos que fugiram da Escola João Luiz Alves (EJLA). Foram 52 fugitivos e, até o momento, 12 deles foram recapturados. Quarenta e um ainda estão foragidos.
A fuga da unidade que fica na Ilha do Governador, na Zona Norte do Rio, aconteceu na tarde desde domingo. Na ocasião, cinco servidores ficaram levemente feridos, com cortes superficiais e foram socorridos no Hospital Municipal Evandro Freire, ainda na Ilha.
Publicidade
Após atendimento médico, os funcionários seguiram para a 37ª DP (Ilha do Governador) para registrar o caso e fazer exame de corpo de delito.
Os internos teriam fugido da EJLA quando eram levados para uma quadra esportiva da escola. Eles pularam os muros da unidade para conseguir fugir.
Publicidade
A Polícia Militar foi acionada e o 17º BPM (Ilha do Governador) reforçou o policiamento na região. Além disso, o batalhão também participa das buscas pelos menores que seguem foragidos.
O Degase informa que, diante do episódio, "será instaurada sindicância pela Corregedoria do departamento para apurar se houve falha de procedimento".