Secretaria de Educação adquire imóveis para instalação de escolas no Rio

Três colégios particulares desativados nas zonas Oeste e Norte foram comprados

Por O Dia

Três unidades atenderão mais de 1.200 alunos do Ensino Médio.
Três unidades atenderão mais de 1.200 alunos do Ensino Médio. -
Rio - A Secretaria de Estado de Educação (Seeduc) adquiriu imóveis para instalação de escolas na capital do Rio de Janeiro. Três escolas particulares desativadas foram compradas para aumentar a oferta de vagas nas zonas Oeste e Norte.

Um dos colégios adquiridos é o tradicional Republicano, na Zona Norte, que fechou as portas em 2019 após décadas de funcionamento. No local vai funcionar uma escola em tempo integral. Os outros imóveis comprados estão localizados em Campo Grande e Pedra de Guaratiba, na Zona Oeste.

Segundo o secretário de Estado de Educação, Pedro Fernandes, as três unidades atenderão mais de 1.200 alunos do Ensino Médio.

"Começamos o ano de 2020 com essa boa notícia. Nosso objetivo é ampliar a oferta de vagas em áreas que tenham eventuais carências. Para os moradores dessas regiões, será importante ter mais oportunidades de ingressar em uma escola pública", declarou Pedro Fernandes.

Cessão de terreno para construção de escola

A Secretaria de Estado de Educação (Seeduc) construirá uma escola pública na região de Vargem Grande, Zona Oeste. A nova unidade será instalada em um terreno doado pela Prefeitura do Rio de Janeiro. O anúncio foi feito no dia 31 de dezembro de 2019.

De acordo com o secretário de Estado de Educação, Pedro Fernandes, a previsão é que a nova escola atenda cerca de dois mil estudantes do Ensino Médio das regiões de Vargem Grande e Vargem Pequena.
Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Comentários