Empresário baleado em São Gonçalo tem piora no quadro de saúde e está gravíssimo

Paulo Alves Cardoso está com um sangramento cerebral

Por RAI AQUINO

Paulo Alves Cardoso
Paulo Alves Cardoso -
Rio - O estado de saúde do empresário baleado na cabeça em São Gonçalo na terça-feira piorou de ontem para hoje. De acordo com a Secretaria estadual de SaúdePaulo Alves Cardoso, de 67 anos, estava estável e agora está gravíssimo. Ele está internado no Hospital Alberto Torres (Heat), no Colubandê.
A filha do empresário, que estava com ele no momento do crime, contou que há um sangramento na cabeça do pai, que inicialmente os médicos estavam avaliando se atingia ou não a região cerebral.
"Pela tomografia, eles descobriram que não é só por fora, tem sangramento cerebral, pela massa encefálica", conta a técnica de Enfermagem Ana Paula Almeida, 42. "A pressão está estabilizada, mas tem esse porém agora. A equipe médica vai avaliar uma possível intervenção para drenar esse líquido, para tirar esse inchaço, o que não é uma coisa tranquila de ser fazer".
A técnica em Enfermagem disse que o pai está sedado e entubado no CTI do Heat desde que chegou à unidade. A família ainda não conseguiu falar com o empresário, já que ele está desacordado.
"Ele não tem como falar. Eu não sei nem se ele sabe que a gente está aqui", cogita.
Caso aconteceu na Rodovia Niterói-Manilha, na altura de Itaúna - Reprodução / Internet
PERDA DA VISÃO
O empresário foi baleado quando trafegava pela Rodovia Niterói-Manilha (BR-101), na altura do bairro Itaúna. Ele estava com a filha em uma Toyota Hilux a caminho da Região dos Lagos, onde moram, quando foram abordados por pelo menos dois criminosos que estavam em um outro carro, de cor preta.
Ana Paula disse que o pai se assustou com a abordagem dos assaltantes e pisou no freio do veículo, fazendo com o que ele desse um "tranco". Nesse momento, os bandidos atiraram contra ele.
Ainda segundo a técnica, o tiro entrou pelo olho esquerdo do pai, saindo pelo direito. Com isso, ele perdeu o globo ocular e a visão do primeiro. O disparo também pode ter comprometido totalmente a visão do outro olho.
A tentativa de latrocínio (roubo seguido de morte) contra o empresário é investigado pela 72ª DP (Mutuá). "Diligências estão sendo feitas e a investigação está em andamento", a Polícia Civil se limitou a dizer, em nota.
Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Galeria de Fotos

Paulo Alves Cardoso Arquivo Pessoal
Paulo Alves Cardoso tem 67 anos Arquivo Pessoal
Caso aconteceu na Rodovia Niterói-Manilha, na altura de Itaúna Reprodução / Internet

Comentários