Após comemorar aniversário vestido de gari, pequeno fã é recebido por Renato Sorriso na Comlurb

Nesta quarta-feira, o pequeno realizou o sonho de subir em um caminhão de coleta de lixo e conhecer o ídolo Renato Sorriso durante visita com a família à sede da Companhia Municipal de Limpeza Urbana, na Tijuca

Por O Dia

-
Rio - O tema escolhido por Davi Luis para comemorar o seu aniversário de cinco anos foi a Comlurb. A foto do menino fantasiado de gari na festa, realizada no último domingo, bombou nas redes. Mas as comemorações não terminaram naquele dia. Nesta quarta-feira, o pequeno realizou o sonho de subir em um caminhão de coleta de lixo e conhecer o ídolo Renato Sorriso durante visita com a família à sede da Companhia Municipal de Limpeza Urbana, na Tijuca, Zona Norte do Rio.

Galeria de Fotos

Davi Luis conheceu o caminhão de coleta de lixo Foto: Hudson Pontes / Prefeitura do Rio
Comlurb foi o tema do aniversário de cinco anos de Davi Luis Foto: Arquivo pessoal
Renato Sorriso arrancou gargalhadas de Davi Luis Foto: Hudson Pontes / Prefeitura do Rio
Davi Luis realizou sonho de conhecer a sede da Comlurb, na Tijuca Foto: Hudson Pontes / Prefeitura do Rio
Foto: Fotos Hudson Pontes / Prefeitura do Rio


Ainda com a fantasia de gari que usou na festa de aniversário, o menino ficou completamente à vontade. O sempre animado Renato Sorriso foi o anfitrião. Brincou, falou sobre a importância de manter a cidade limpa e mostrou para Davi como funciona o trabalho no caminhão de coleta de lixo.

"Criança não mente. Estamos 24 horas na rua. Somos educados, temos um bom treinamento e nos damos bem com as pessoas. Ele podia escolher como tema da festa o Batman, o Homem-Aranha ou o Superman, mas preferiu o gari porque nós somos os heróis da cidade, que trabalham no sol e na chuva, com qualidade e eficiência", comentou Renato Sorriso.
“Mãe, não pode sujar a rua”
A admiração de Davi Luis pela Comlurb surgiu quando tinha apenas dois anos de idade, observando o trabalho dos garis na rua em que mora, no bairro Santíssimo, na Zona Oeste.

"Ele não podia ver o caminhão entrar na rua que queria ir atrás. Os garis até ficavam preocupados, mas como acontecia todo dia, acabou surgindo uma amizade. Até que ele pediu para fazer a festa de Comlurb. Eu até achei estranho, com tanto tema infantil para escolher, que geralmente as outras crianças preferem. Mas é um carinho muito grande. Batalhamos bastante e conseguimos fazer a festinha dele", explicou Márcio da Silva, pai de Davi Luis.

Mais do que uma criança com o sonho realizado e memórias inesquecíveis da festinha de aniversário, surge um cidadão consciente da nobreza do trabalho dos garis e da importância preservar ruas, praias e rios sempre limpos.
Priscila do Nascimento, mãe de Davi Luis, contou que ele já é um exemplo. "Ele fica nisso: 'Mãe, não pode sujar a rua. Aí é lugar de lixo, por acaso?”, disse.
Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Comentários