Policiais realizando abordagem no Vidigal - Whatsapp O DIA (98762-8248)
Policiais realizando abordagem no VidigalWhatsapp O DIA (98762-8248)
Por O Dia
Rio - A Polícia Civil indiciou, nesta quinta-feira, quatro policiais militares que participaram de uma operação em janeiro deste ano na comunidade do Vidigal, em São Conrado, Zona Sul, onde quatro pessoas morreram. De acordo com a polícia, eles foram indiciados por homicídio doloso (quando há intenção de matar) e uma tentativa de homicídio. O nome dos PMs não foi divulgado. 
Na época do crime, moradores denunciam que militares entraram na comunidade atirando a esmo para "pegar arrego" – propina que o tráfico paga a policias para não entrarem nas favelas.
Publicidade
"Estamos falando do que vimos, tudo quebrado, portão de ferro, morador agachado. Muito, muito, muito tiro. O Vidigal parou, os moradores ficaram encurralados no ponto de ônibus. O que nós sabemos é que eles querem arrego e só vão sair quando conseguirem", disse um morador.
Na ação, foram apreendidas duas pistolas, quatro granadas e drogas. 
Publicidade