Prefeito Marcelo Crivella: mais testes - Cleber Mendes
Prefeito Marcelo Crivella: mais testesCleber Mendes
Por Juliana Pimenta
Rio - Foi cancelada a reunião entre o ministro da Economia, Paulo Guedes, e o prefeito Marcello Crivella (Republicanos) marcada para esta sexta-feira sobre os novos rumos da economia na cidade em meio à pandemia do novo coronavírus (covid-19). Crivella iria ver a possibilidade de o governo federal subsidiar o pagamento dos salários dos rodoviários do Rio. 
"A nossa reunião seria hoje à tarde, mas nós recebemos a notícia de que o ministro está de quarentena", explicou o prefeito, afirmando que um ofício será enviado ao ministro com as propostas da reunião.
Publicidade
"As categorias que têm carteira assinada, que tem saldo no fundo de garantia, nós pedimos ao Presidente da República que autorize que eles resgatem o fundo de garantia. Aquelas categorias que não têm, nós estamos ajudando com cestas básicas", explicou.

Sobre o pronunciamento do presidente Jair Bolsonaro na noite de terça, quando ele minimizou os riscos de contágio da doença, Crivella disse que o Rio está fazendo sua própria avaliação.
"Todas as nossas decisões têm sido tomadas com a comunidade científica do município: nossos médicos, professores de universidades, nossa secretária de Saúde, nossos infectologistas. Temos tomado as decisões no Gabinete de Segurança sempre todos juntos. Nós preservamos o setor da indústria e dos serviços. E paralisamos o setor do comércio. E parece que essas medidas que nós tomamos têm dado resultado pela queda na expectativa do número de infectados", comemorou Crivella, que espera flexibilizar o afastamento social em 15 dias, e pede atenção aos religiosos. 
Publicidade
"Nós pedimos a todos os pastores e padres que evitem aglomerações dentro das igrejas. O que acontece é as pessoas irem à igreja, ao altar, fazer suas orações. Se houver algum culto, a gente pede que as pessoas sentem separadas umas das outras", destacou o prefeito.
LEIA MAISRio libera reabertura de parte do comércio; veja lista de estabelecimentos!

Em relação aos hospitais de campanha do Município, Crivella anunciou que além do Riocentro, outro local será preparado para abrigar infectados pela covid-19. "Nós estamos organizando o Hospital de Acari para ser o hospital dedicado a essa pandemia", reforçou.
Publicidade