Costureiras irão confeccionar capotes descartáveis - DIVULGAÇÃO
Costureiras irão confeccionar capotes descartáveisDIVULGAÇÃO
Por O Dia
Rio - As escolas de samba se tornaram parceiras na luta contra o novo coronavírus. Após iniciativa da Unidos do Viradouro, costureiras da Unidos de Vila Isabel começarão nesta terça-feira a confeccionar capotes para profissionais de saúde da rede municipal. De acordo com a prefeitura, a Vila é a segunda escola de samba a fechar parceria para fazer os capotes, que são descartáveis e, por isso, os estoques precisam repostos constantemente, em grandes quantidades.
Será fornecido máscaras e álcool em gel, para que as costureiras façam a proteção e higienização das mãos antes de manusear o tecido.
Publicidade
"Essa é uma demonstração de capacidade criativa da empresa na gestão da saúde. Diante da dificuldade de conseguir a quantidade necessária de capotes no mercado, nos reinventamos em busca de soluções e encontramos acolhida já em duas escolas de samba, a quem muito agradecemos por entrar conosco nessa empreitada", diz o presidente da RioSaúde, Marcelo Roseira, que espera ampliar o leque de ateliês de escolas de samba nesse apoio.
A Unidos de Padre Miguel, que também participa da ação, começou a confeccionar o material no fim de semana. 
Publicidade