Prefeitura altera horários de funcionamento de comércio e serviços; veja nova relação!

Estão de fora do escalonamento as empresas que possuem três ou mais turnos de trabalho

Por O Dia

Escalonamento foi adotado no dia 21 de março
Escalonamento foi adotado no dia 21 de março -
Rio - A prefeitura alterou os horários de funcionamento do comércio e serviços na cidade durante a pandemia do novo coronavírus (covid-19). O escalonamento foi adotado nona última terça-feira para evitar a aglomeração de pessoas nos meios de transporte do Rio.
O decreto estabelece os horários de abertura e fechamento das empresas. A exceção é para estabelecimentos que possuem três ou mais turnos de trabalho.
As indústrias poderão abrir antes das 6h e ter suas atividades encerradas às 21h. Não há restrições para as transportadoras; veja relação completa!
. Padaria e confeitarias: 5h às 20h
. Mercados e mercearias: 7h às 21h
. Farmácias e drogarias: 7h às 22h
. Aviários, açougues, peixarias e hortifrutis: 7h30 às 19h30
. Lojas de conveniência em postos de combustíveis: 8h às 20h
. Bancos e casas lotéricas: 10h às 16h
. Lojas de produtos para animais, medicamentos veterinários e comércio de insumos agrícolas: 10h às 16h
. Comércio de gás GLP e lavanderias: 11h às 20h
. Lojas de materiais de construção: 8h30 às 18h
. Drive thru: 12h às 24h
. Distribuidoras: 6h30 às 18h30
. Depósitos: 6h20 às 21h
O decreto ainda libera a abertura de empresas prestadoras de serviços que podem funcionar mantendo a distância mínima de dois metros entre seus clientes, como oficinas mecânicas e lojas de reparo de celulares.

Comentários