Plano de Desenvolvimento Sustentável aborda impacto do coronavírus

Com a participação da população e de especialistas, serão discutidos os tipos de ações necessárias em várias áreas, como as de saúde pública e habitação para o Rio de Janeiro enfrentar seus desafios e traçar o futuro

Por O Dia

Rio - O desafio do impacto da pandemia do novo coronavírus na cidade será um dos assuntos abordados na fase final do Plano de Desenvolvimento Sustentável (PDS) da Prefeitura do Rio, que começa esta semana. Nesta quinta-feira (7) será realizado o primeiro de uma série de cinco seminários online desta nova etapa do plano. São os ‘Diálogos para 2030: preparando a cidade do Rio para o futuro’, em parceria com a ONU-Habitat. Com a participação da população e de especialistas, serão discutidos os tipos de ações necessárias em várias áreas, como as de saúde pública e habitação para o Rio de Janeiro enfrentar seus desafios e traçar o futuro. O evento faz parte do Rio Capital Mundial da Arquitetura.

Estão programados cinco encontros nos quais serão expostas as necessidades e propostas para traçar metas para daqui a 10 anos na cidade. Os eventos, que terão conexão com a Agenda 2030, da Organização das Nações Unidas (ONU), seguirão os seguintes temas: agenda 2030 e desenvolvimento sustentável; longevidade e bem-estar para o desenvolvimento sustentável; igualdade e equidade para o desenvolvimento sustentável; cooperação e paz para o desenvolvimento sustentável; e desafios do financiamento e transformações da gestão pública.

"Estamos sensíveis ao momento atual da pandemia do novo coronavírus, em que a cidade precisa se reinventar, criar novos paradigmas, se aperfeiçoar em alguns aspectos. Diante desses vários problemas, queremos trazer especialistas e envolver a sociedade como forma de ampliar o debate e deixá-lo o mais participativo o possível", explica o subsecretário de planejamento e acompanhamento de resultados, Anderson Simões.

Os encontros serão realizados em cinco quintas-feiras seguidas a partir de 7 de maio, sempre às 10h, pelo canal do Youtube da Multirio e pelo do Escritório de Planejamento (veja os links para acessar no final). O trabalho é coordenado pela Subsecretaria de Planejamento e Acompanhamento de Resultados da Secretaria Municipal da Casa Civil da Prefeitura do Rio, por meio de seu Escritório de Planejamento (EPL).

"A mesa de discussões da próxima quinta-feira contará com a participação de representantes da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), ONU-Habitat, entre outros. Durante os encontros serão discutidos temas relacionados à infraestrutura urbana para alcançar o desenvolvimento sustentável; parcerias com a sociedade e ONGs, considerando que o interesse é coletivo; e financiamento e monitoramento do plano para que seja possível colocá-lo em prática", explica Daniel Mancebo, coordenador geral do Escritório de Planejamento da Subsecretaria de Planejamento e Acompanhamento de Resultados da Prefeitura do Rio de Janeiro.

Será discutida a relação da pandemia com os temas de desenvolvimento sustentável.

Plano já tem plataforma de participação popular
O Plano de Desenvolvimento Sustentável da Cidade do Rio de Janeiro integra, em uma única matriz de planejamento e gestão, os compromissos importantes assumidos nos últimos anos, como o legado de sustentabilidade firmado a partir de 1992 e renovado durante a Rio+20 em 2012, além de outros compromissos internacionais e instrumentos municipais.

O objetivo é construir uma visão de longo prazo para a cidade, alinhada aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da Organização das Nações Unidas. Para a construção de um Rio de Janeiro planejado e sustentável, o Plano é desenhado em duas etapas distintas: estabelecendo metas para 2030 e que contribuam para a cidade almejada em 2050.

O PDS inclui o resultado do desenvolvimento de estratégias e ações que serão colocadas em prática integrando a opinião do cidadão e os campos de atuação de cada órgão municipal. Tudo de maneira integrada e a partir de processo de participação social pela plataforma online participa.rio e pelas oficinas já realizadas com o apoio das escolas da Rede Municipal. Além disso, instituições como a C40 e a ONU-Habitat, da integração técnica e institucional através da atuação do Comitê Integrado de Planejamento e Desenvolvimento Sustentável, conforme previsão do Decreto Rio nº 46078, de 11 de junho de 2019. O Comitê reúne mais de 30 órgãos da Prefeitura do Rio e entidades e está instituído em caráter permanente.

O participa.rio é uma ferramenta aberta ao público para aproximar os cariocas do planejamento da cidade. Através da plataforma, o cidadão poderá contribuir para o fortalecimento da cultura no âmbito da construção de planos de curto, médio e longo prazo, a base para a estruturação de uma cidade com mais qualidade de vida. O participa.Rio é um dos legados do planejamento sustentável da Cidade. Todos podem acessar e dizer o que quer para o Rio 2030.

Veja os objetivos das webinars ‘Diálogos para 2030: preparando a cidade do Rio para o futuro’:
– Levantar soluções possíveis e inovadoras que inspirem as metas e ações do PDS;
– Envolver e difundir o PDS entre especialistas, atores estratégicos, parceiros e interessados no tema;
– Possibilitar que os participantes se apropriem das estratégias do Plano e inspire outros municípios;
– Explorar novas linguagens e ferramentas de comunicação para o debate sobre o Plano;
– Produzir material e conteúdo de divulgação que possa ser aberto para posteriores consultas;
– Lançar e envolver a população na 4a onda de participação do Plano de Desenvolvimento Sustentável.

Como acessar para participar do encontro online:
Data: quinta-feira, 7 de maio de 2020
Horário: 10h
Canais:
– Youtube da Multirio: https://www.youtube.com/user/MULTIRIOSME

– Youtube do Escritório de Planejamento: https://www.youtube.com/channel/UCoaLuDIKvNgKoNlEII1qQjA

Comentários