Estação Praça XV-Charitas, entre outras, já estão com álcool em gel - CCR Barcas / Divulgação
Estação Praça XV-Charitas, entre outras, já estão com álcool em gelCCR Barcas / Divulgação
Por André Arraes*
O governador Wilson Witzel sancionou nesta segunda-feira a Lei 8.800/2020, que obriga as concessionárias de transporte público a disponibilizar álcool em gel 70% ou produtos de higienização semelhantes em todas as estações de trem, metrô e barcas no Estado do Rio. A determinação vale durante a pandemia do novo coronavírus.
De acordo com a Secretaria Estadual de Transportes, a medida já está valendo, faltando, porém, apenas a regulamentação do Poder Executivo em relação a destinação das multas. Os custos de implementação serão de responsabilidade das empresas. Em caso de descumprimento, as concessionárias terão de pagar multas de até R$ 17.775.

A Supervia, concessionária que administra os trens, afirmou que a empresa providenciou antecipadamente a compra de álcool em gel e dispositivos para a distribuição nas estações. E que enfrentou dificuldades de estoque e logística de fornecedores para entrega no prazo exigido. Afirmou ainda que já recebeu os materiais e está disponibilizando o produto aos clientes gradativamente nas estações.

O MetrôRio, empresa do grupo Invepar, informou que já efetuou a instalação de dispensadores de álcool em gel nas áreas de maior circulação de todas as suas estações, para utilização dos clientes do sistema. "A operação permanece funcionando nas três linhas, com ações preventivas a fim de combater a disseminação do coronavírus, como o reforço da higienização de trens e plataformas, além dos postos de trabalho, como salas de funcionários, postos de controle, cabines de trens e pontos de atendimento", declarou. 
Publicidade
Segundo a CCR Barcas, que administra o transporte aquaviário, em março foram instalados dispensadores com álcool em gel nas estações. A empresa informou que faz divulgações contra a propagação do vírus, por meio de locuções, cartazes e vídeos nos terminais, e de banners na home page do site.
"Além disso, os médicos da concessionária promovem diálogos diários de segurança com os colaboradores, a fim de que esses profissionais estejam preparados para se proteger e para orientar os passageiros sobre as medidas de prevenção no atual cenário de pandemia", informou a CCR Barcas.
Publicidade
*Estagiário sob supervisão de Paloma Savedra