Hospital Regional Zilda Arns, em Volta Redonda - Divulgação
Hospital Regional Zilda Arns, em Volta RedondaDivulgação
Por O Dia
Rio - A taxa de ocupação da rede estadual de Saúde no Rio é de 74% em leitos de enfermaria e 85% em leitos de UTI. Ao todo, 2.246 pacientes estão internados na rede estadual. No total, em toda a rede pública, 387 suspeitos ou confirmados de coronavírus aguardam transferência para UTIs, que podem ser regulados para as diferentes redes, seja ela municipal, estadual ou federal.
Com exceção do Hospital Regional Zilda Arns (cujas taxas de ocupação são de 85% na enfermaria e 86% na UTI) e do Hospital de Campanha Lagoa-Barra (onde há 101 pacientes internados, 70 em leitos de UTI) —, a secretaria esclarece que todos os outros leitos destinados para a Covid estão ocupados e que há rotativa de vagas ocasionadas por altas, óbitos, além de reservas técnicas de leitos para pacientes já internados que possam agravar o quadro clínico, necessitando de UTIs.
Publicidade
Na próxima segunda-feira (11), com cinco dias de antecedência em relação ao prazo inicial, o Hospital de Campanha do Parque dos Atletas, na Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio de Janeiro, abrirá as portas. Ao longo da semana, a unidade terá 100 leitos operacionais e, em 22 de maio, contará com 200 leitos, sendo 50 de UTI e 150 de internação, voltados para atender os pacientes do SUS, vítimas da Covid-19. A antecipação permitirá atender mais brevemente a população e mais pessoas poderão ser internadas.

O hospital de campanha do Maracanã, que terá 400 leitos, 80 deles de UTI, será inaugurado nos próximos dias. Os demais leitos, de um total de 2 mil, serão entregues em outros seis hospitais de campanha e uma estrutura modular e serão inaugurados de forma gradativa ao longo do mês de maio, de acordo com a evolução da pandemia.
Em abril, foi inaugurado o hospital de campanha Lagoa-Barra, no Leblon, Zona Sul carioca, e na próxima segunda-feira (11), a unidade passará a oferecer 200 leitos, sendo 100 de UTI. O hospital é operado pela Rede D’Or.
Publicidade
A Secretaria de Estado de Saúde informa que, até o momento, 799 novos leitos para tratamento de pacientes suspeitos ou confirmados da Covid foram abertos em todo o estado do Rio de Janeiro. Desse total, 642 são em hospitais de referência para o tratamento de coronavírus, sendo 336 UTIs e 306 enfermarias. Além dessas unidades destinadas, há ainda 157 leitos, sendo 100 de UTI, para o tratamento da Covid em áreas isoladas de outras unidades estaduais.