Agentes vão reforçar a importância do isolamento social e evitar a disseminação da doença - Clarildo Menezes / Agência O DIA
Agentes vão reforçar a importância do isolamento social e evitar a disseminação da doençaClarildo Menezes / Agência O DIA
Por ESTADÃO CONTEÚDO
Rio - O governo do estado determinou que PMs e agentes civis que atuam nas operações Lei Seca, Segurança Presente e Barreira Fiscal, programas da Secretaria estadual de Governo, Comunicação e Relações Institucionais, passem a atuar na fiscalização do comércio, dos transportes e na circulação de pedestres nas ruas em todo o estado, para reforçar a importância do isolamento social e evitar a disseminação do novo coronavírus (covid-19).

Os agentes vão orientar as pessoas da necessidade de ficar em casa e de se proteger adequadamente com o uso de máscaras nesse período de pandemia. Eles também vão fiscalizar o funcionamento adequado do comércio e vão distribuir máscaras de proteção, principalmente para as pessoas em situação de vulnerabilidade social.

Os agentes da Operação Segurança Presente vão pedir aos pedestres que estiverem circulando pelas ruas que usem máscaras e, se possível, voltem para casa; vão orientar os gerentes de estabelecimentos comerciais da obrigatoriedade do uso de máscaras, higiene das mãos e distância entre as pessoas; e vão fiscalizar o funcionamento dos quiosques nas praias, reforçando a proibição de consumo no local.

Os guardadores de carros serão orientados sobre a utilização obrigatória de máscara, que lhes serão entregues, se ainda não tiverem. Também serão fiscalizados os motoristas e passageiros de ônibus sobre o uso adequado de máscara e à proibição de passageiros viajarem em pé.

Os policiais poderão fotografar e filmar todos que descumprirem as medidas. Em caso de flagrante da abertura de comércio não essencial, ele será lacrado e o responsável será conduzido à delegacia.

Os policiais da Operação Lei Seca farão diariamente blitzes educativas nas vias de maior circulação, para orientar os motoristas quanto à importância do isolamento social.

Já os agentes da Operação Barreira Fiscal farão blitzes educativas em todo o estado para inibir a circulação de pessoas e evitar o deslocamento. Eles também irão distribuir máscaras e orientar para seu uso adequado.