Atual tarifa do metrô será prorrogada até 31 de maio no Rio

Governo do Estado e MetrôRio decidiram manter valor em função da pandemia de covid-19

Por O Dia

A partir de junho, tarifa do metrô passará a custar R$ 5 em razão de um reajuste feito em fevereiro
A partir de junho, tarifa do metrô passará a custar R$ 5 em razão de um reajuste feito em fevereiro -
Rio - O Governo do Estado e o MetrôRio decidiram manter a prorrogação da atual tarifa, no valor de R$ 4,60, até o dia 31 de maio, em função dos impactos sociais provocados pela pandemia da covid-19 e a instabilidade econômica enfrentada pelo Brasil na atual conjuntura.

A nova tarifa, de R$ 5, foi homologada pela Agetransp em sessão regulatória no dia 28 de fevereiro. O contrato de concessão prevê reajuste anual baseado no Índice Geral de Preços do Mercado (IGP-M), da Fundação Getúlio Vargas. A variação do índice foi de 7,808% entre janeiro de 2019 e janeiro de 2020.

Comentários