Prefeitura altera horários do transporte gratuito para servidores do combate à covid-19

Profissionais da Saúde, Assistência Social e Guarda Municipal solicitaram ajustes para transporte alcançar mais pessoas

Por O Dia

Ônibus da Liberdade
Ônibus da Liberdade -
Rio - A Prefeitura do Rio, por meio da Secretaria Municipal de Educação, vai alterar, a partir da segunda-feira (18), os horários do transporte gratuito disponibilizado para os servidores considerados essenciais para o combate ao novo coronavírus. As mudanças ocorrem a pedido dos profissionais da Saúde, Assistência Social e Guarda Municipal, que solicitaram ajustes com o objetivo do sistema de transporte alcançar mais pessoas, que utilizam os veículos de casa para o trabalho e vice-versa. As novidades abrangem os coletivos que partem, a partir das 6h05 da manhã, dos municípios da Baixada Fluminense. O sistema de veículos que atende aos profissionais de saúde do Hospital de Campanha do Riocentro permanece sem alteração.
Estes coletivos são da frota dos Ônibus da Liberdade, utilizados para levar os alunos às unidades escolares regularmente, mas que estão disponíveis por conta da suspensão das aulas em função da pandemia do novo coronavírus. Desde abril, os coletivos estão sendo utilizados para facilitar o deslocamento e transportar gratuitamente os servidores da Prefeitura para o trabalho. Os veículos com destino ao Terminal Alvorada passaram a circular pelo Riocentro desde a última sexta-feira (1), para levar os profissionais que atendem no Hospital de Campanha do município.
A ação é realizada sem custos adicionais para a Prefeitura. Para acessar o transporte, que é feito por 38 ônibus nos turnos da manhã e da noite, os profissionais precisam apresentar, na entrada dos veículos, o crachá, contracheque ou qualquer outra identificação funcional. Os motoristas não estão autorizados a parar em locais que não foram definidos previamente no trajeto inicial e final. Clique aqui e confira a tabela com novos horários.

Comentários