Crivella estende medidas restritivas por mais sete dias

Segundo Prefeito do Rio, objetivo é continuar com o declínio da curva de contágio

Por O Dia

Rio, 19/05/2020  - COVID 19 - CORONAVIRUS - Entrga do novo tomografo na UPA da Cidade de Deus, com a presenca do prefeito do Rio, Marcelo Crivela. Cidade de Deus, Jacarepagua, zona oeste  do Rio. coronavirusrio. Foto: Ricardo Cassiano/Agencia O Dia
Rio, 19/05/2020 - COVID 19 - CORONAVIRUS - Entrga do novo tomografo na UPA da Cidade de Deus, com a presenca do prefeito do Rio, Marcelo Crivela. Cidade de Deus, Jacarepagua, zona oeste do Rio. coronavirusrio. Foto: Ricardo Cassiano/Agencia O Dia -
Rio - As medidas restritivas adotadas pela Prefeitura para o combate ao novo coronavírus na capital serão estendidas por mais sete dias. A decisão foi anunciada nesta terça-feira pelo prefeito do Rio, Marcelo Crivella e será publicada em uma edição extra do Diário Oficial do Município. A justificativa para a ampliação do isolamento é a necessidade de manter o declínio na curva de contágio.
Crivella explica que a queda no número de pessoas infectadas é resultado das ações que já vem sendo tomadas desde o início do isolamento e que devem ser mantidas.
"Ontem, em reunião com a Comunidade Científica, foi determinado que as medidas de contenção permanecem por mais sete dias. Nós estamos animados, porque a nossa curva de velocidade de contágio caiu para 0.039, estava 0.06 antes", disse.
Crivella destacou que países da Europa só conseguiram diminuir a curva com a adoção do lockdown total, diferente da cidade do Rio, que permitiu o funcionamento da indústria, serviços e comércios essenciais. 
"As nossas medidas, tentando preservar o máximo que podíamos da economia, mas sem colocar em risco as vidas, fizeram com que a curva de contágio fosse caindo e estivesse hoje no nível que está", destacou o prefeito do Rio.
Os bairros com restrição de mobilidade são:

. Santa Cruz;
. Madureira;
. Freguesia;
. Taquara;
. Realengo;
. Guaratiba;
. Tijuca (Praça Saens Peña);
. Grajaú;
. Méier;
. Pavuna; e
. Cascadura.
O anúncio foi feito durante a inauguração de mais um dos 16 tomógrafos comprados na China pelo Município e que estão sendo instalados em unidades de saúde e pontos estratégicos da cidade para aumentar o acesso da população ao diagnóstico precoce da covid-19. O novo centro de imagens foi construído no estacionamento da Unidade de Pronto Atendimento (UPA), da Cidade de Deus, na Zona Oeste.
Segundo a Prefeitura, a unidade da Cidade de Deus é administrada pela RioSaúde e atende cerca de 12 mil pacientes por mês. Ao todo, são 27 tomógrafos adquiridos, com mais de 150 mil exames realizados. O equipamento instalado tem capacidade de fazer 1.200 exames por mês.
Áreas de risco da covid-19
Além dos equipamentos, áreas mais carentes da cidade tem recebido polos de atendimento, cada um com 24 leitos, para monitorar as condições de saúde dos pacientes após os exames de imagem. Na Cidade de Deus, o equipamento vai atender pacientes da UPA com indicação para o exame e pessoas que buscam as unidades de Atenção Primária como Clínicas da família e Centros Municipais de Saúde da região.
Do total de 27 tomógrafos, 11 já estão em operação desde 2019 em unidades da rede municipal. Os 16 comprados na China no final do ano passado estão em funcionamento no Hospital de Campanha no Riocentro e os das policlínicas Lincoln de Freitas Filho, em Santa Cruz; Manoel Guilherme da Silveira Filho, em Bangu; e Rodolpho Rocco, em Del Castilho. Um foi cedido ao Hospital Mario Kroeff, unidade beneficente que é referência no tratamento do câncer e será instalado na unidade após realização de obras.
Os equipamentos também serão enviados aos bairros Campo Grande, Recreio e Madureira e as comunidades da Rocinha, Maré e Rio das Pedras.
 

Galeria de Fotos

Marcelo Crivella fala sobre continuação das medidas restritivas Divulgação / Prefeitura
Rio, 19/05/2020 - COVID 19 - CORONAVIRUS - Entrga do novo tomografo na UPA da Cidade de Deus, com a presenca do prefeito do Rio, Marcelo Crivela. Cidade de Deus, Jacarepagua, zona oeste do Rio. coronavirusrio. Foto: Ricardo Cassiano/Agencia O Dia Ricardo Cassiano/Agencia O Dia

Comentários