Prefeitura prorroga suspensão de consultas e exames eletivos até o fim da pandemia

Medida foi publicada nesta terça-feira no Diário Oficial do município e vale até o fim da pandemia da covid-19

Por O Dia

UPA Engenho de Dentro, na Zona Norte
UPA Engenho de Dentro, na Zona Norte -
Rio - A Prefeitura do Rio, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, suspendeu por tempo indeterminado a realização de consultas, exames e procedimentos ambulatoriais eletivos nas unidades de saúde da rede municipal. A medida foi publicada nesta terça-feira no Diário Oficial do município e vale até o fim da pandemia da covid-19.
Apenas os tratamentos que não podem ser interrompidos – porque isso representaria risco de vida ao paciente – serão mantidos. São atendimentos de pré-natal de alto risco, a portadores de HIV/AIDS, tuberculose, asma, biópsias para diagnóstico de câncer e atendimento domiciliar ao idoso, entre outros.
Os casos de urgência e emergência também continuam sendo atendidos nas unidades hospitalares do município (UPAs, CERs e hospitais).
Os pacientes que tinham consultas e exames agendados serão contactados pela unidade de saúde para cancelamento – a remarcação será feita após a pandemia de coronavírus. Atendimentos de primeira vez também estão suspensos.

Comentários