Secretaria de Fazenda do Rio faz operação para fiscalizar postos de combustíveis

Objetivo é identificar a entrada do produto sem a documentação fiscal de compra

Por O Dia

operação é um desdobramento de outras já realizadas no setor, como a Fecha Fronteira, a Abafa e a Purus I
operação é um desdobramento de outras já realizadas no setor, como a Fecha Fronteira, a Abafa e a Purus I -
A Secretaria de Estado de Fazenda do Rio (Sefaz-RJ) realiza a Operação Purus II, mais uma ação com o objetivo de fiscalizar o setor de combustíveis. Desde o dia 11 deste mês, os Auditores Fiscais da Receita Estadual estão indo a postos localizados nas cidades de Niterói, Volta Redonda, Guapimirim e Cabo Frio para verificar irregularidades fiscais na compra e venda dos produtos. A operação é um desdobramento de outras já realizadas no setor, como a Fecha Fronteira, a Abafa e a Purus I.

Com base no trabalho do Centro de Monitoramento e Análise de Dados (CMAD) e da Auditoria Fiscal Especializada (AFE) 14 – Barreiras Fiscais, os Auditores buscam comprovar ou não indícios de entrada de combustíveis sem lançamento no Livro de Movimentação de Combustíveis (LMC). Também estão sendo checadas suspeitas de venda do produto sem emissão de documento fiscal e de uso de máquinas de cartão registradas em um CNPJ de outro contribuinte que não o do posto. O trabalho nos locais fiscalizados consiste na medição do estoque nos tanques, entre outros procedimentos.

A Operação Purus é a 30ª realizada este ano pela Receita Estadual para combater a sonegação de impostos e orientar os contribuintes.

Comentários