Mototaxista é morto em ação da PM no Chapadão

PM diz que não entrou em confronto com criminosos no local

Por O Dia

Diego foi enterrado neste sábado
Diego foi enterrado neste sábado -
Rio - Um mototaxista, identificado como Diego da Silva Linhares, de 28 anos, foi morto, nesta sexta-feira enquanto era realizada uma ação da PM, para retirada de barricadas, no complexo do Chapadão, na Zona Norte do Rio. A ação era realizada pelo 41ºBPM (Irajá) e o caso foi encaminhado para a Delegacia de Homicídios da Capital (DH).
Segundo a PM, a equipe que atuava no local foi atacada por criminosos, mas não reagiu. Mais tarde, os agentes foram informados, por rádio, de que uma pessoa baleada havia dado entrada no Hospital Municipal Albert Schweitzer, em Realengo, na Zona Oeste. Na unidade de saúde, os policiais confirmaram que o homem foi ferido na rua Javatá, área localizada no interior do Complexo, mas não resistiu aos ferimentos. 
O enterro do mototaxista foi realizado neste sábado no Cemitério de Olinda, em Nilópolis, na Baixada Fluminense.

Comentários