Shoppings do Rio têm aglomeração em primeiro dia de reabertura

Por O Dia

Rio - No mesmo dia que o Brasil bateu 40 mil mortes por coronavírus, diversos shoppings do Rio reabriram suas lojas. Os estabelecimentos inicialmente só voltariam a funcionar no dia 16 de junho. No entanto, a prefeitura do Rio antecipou a retomada, seguindo uma série de restrições – que não foram totalmente seguidas. Na entrada dos centros comerciais em várias regiões do Rio, houve longas filas e medição de temperatura por funcionários.
A permissão da Justiça do Rio para reabrir os shoppings foi publicada na noite de terça-feira (9), pelo presidente do Supremo Tribunal de Justiça. Crivella defendeu que todo o processo é feito baseado em um protocolo científico e disse que caso os números de mortes voltem a subir os shoppings serão fechados novamente.
O DIA registrou a movimentação no shopping Nova América, em Del Castilho, no Carioca Shopping, em Vicente de Carvalho e no São Gonçalo Shopping. Em nota, a assessoria do Carioca Shopping informou que "Todos os clientes passaram por um profissional que media a temperatura e seguiam para o posto de álcool gel. O Shopping está seguindo um protocolo rigoroso de controle, segurança e higienização".
A assessoria do Nova América disse que implementou protocolos preventivos e investiu em tecnologias especializadas para reforçar a sanitização do equipamento e garantir que o ambiente dos shoppings sejam espaços ainda mais seguros para todos os seus frequentadores com a campanha 'Cuidando de você'.
"Dentre as principais medidas, está a contratação de um serviço especializado em desinfecção. Equipamentos e produtos de higiene regularizados pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA) serão utilizados a cada três horas em todo o empreendimento, principalmente nas áreas muito tocadas, como corrimãos, botões de elevadores, balcões e mesas, além dos banheiros, praças de alimentação e máquinas de auto atendimento", acrescentou, em nota.
Já o São Gonçalo Shopping ainda não se manifestou.