UFRJ - Severino Silva / Agência O DIA
UFRJSeverino Silva / Agência O DIA
Por O Dia
Rio - A Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) anunciou, nesta quinta-feira, a implantação de um período letivo excepcional com aulas remotas para a graduação e pós-graduação. No entanto, a adesão às atividades pedagógicas não presenciais será facultativa aos estudantes.
De acordo com o comunicado, ficará assegurado aos estudantes que não optarem pelas atividades pedagógicas não presenciais o direito de retomar suas atividades acadêmicas presenciais após o restabelecimento do calendário acadêmico regular da UFRJ. Dessa forma, será autorizado, em caráter excepcional, o trancamento de disciplinas e de matrícula, com a interrupção da contagem do prazo máximo de integralização do curso.
Publicidade
Será possível também a inscrição em disciplinas de estudantes que possuam débitos referentes à retenção indevida de livros de bibliotecas ou de qualquer outro material de ensino pertencente à UFRJ. Além disso, não haverá reprovação por frequência durante os períodos letivos excepcionais.
Kits internet
Publicidade
A UFRJ, por meio da Pró-Reitoria de Políticas Estudantis (PR-7), estabeleceu política de inclusão digital para o corpo discente, por meio do edital Auxílio Emergencial covid-19 – Inclusão Digital, com o objetivo de fornecer aos estudantes com renda familiar de até um salário mínimo e meio as condições técnicas necessárias para o acesso à internet, com a distribuição de chip ou chip mais modem, sempre com franquia para uso de dados pela rede móvel. Serão distribuídos, ao todo, 13 mil kits internet, sendo 12 mil para os estudantes de graduação e o restante para a pós-graduação.
Estão previstos também cerca de 200 kits internet para estudantes da educação básica.