Banhistas lotaram as praias neste domingo  - Luciano Belford / Agência O DIA
Banhistas lotaram as praias neste domingo Luciano Belford / Agência O DIA
Por O Dia
Rio - A Guarda Municipal multou 135 pessoas que foram flagradas sem máscaras de proteção durante fiscalização realizada nas praias da cidade neste fim de semana. Foram 49 no sábado e 86 até as 17h de domingo.
A fiscalização também retirou banhistas da faixa de areia, pois só é permitida a permanência de pessoas nesse local para atividades físicas individuais.
Publicidade
Durante uma ação para evitar aglomerações, neste domingo, os guardas retiraram 63 pessoas das trilhas que dão acesso às praias selvagens de Barra de Guaratiba, como as do Meio e Perigoso.
"Iniciamos um procedimento que se soma a outras ações que realizamos para proteger a população nesta luta contra o novo coronavírus. O objetivo da Blitz da Vida é levar consciência e estimular a disciplina pessoal aos cidadãos sobre a necessidade do uso da máscara de proteção. A partir desta experiência, vamos levar a Blitz da Vida para outros pontos do Rio", afirmou o comandante da Guarda Municipal do Rio, o inspetor geral José Ricardo Soares.
Publicidade
A multa pela falta da máscara é de R$ 107, aplicada no CPF da pessoa. Já para os estabelecimentos flagrados com consumidores e funcionários sem a máscara, a infração varia de R$ 590 a R$ 2.696,20, com base na complexidade e risco de cada atividade.
Publicidade
Desde o início da fiscalização, do dia 5 de junho, 11 pessoas já foram levadas para a delegacia por se recusarem a fornecer documento de identificação ou por desacato, desobediência e resistência.
"Nosso objetivo maior é ter ações na cidade e não precisar aplicar nenhuma multa, pois todas as pessoas já estarão conscientes de seu papel na sociedade para evitar contágio da covid-19", projetou José Ricardo.