- Divulgação
Divulgação
Por O Dia
Rio - A Liga das Escolas de Samba do Rio de Janeiro (Lierj) e a Ação da Cidadania, do sociólogo Hebert de Souza, o Betinho, distribuíram 18 toneladas de alimentos e material de higiene para comunidades das escolas de samba da Série A, além de famílias das associações das Velhas-Guardas, Baianas e Baile dos Passistas, presidida pelo carnavalesco Milton Cunha. A ação aconteceu nesta sexta e sábado.

"Precisamos olhar principalmente para aqueles que, apesar da grande importância para a construção dos carnavais, quase nunca aparecem. Como diz o próprio samba em homenagem ao Betinho 'Sirva um prato cheio de amor pro Brasil se alimentar'", destacou Bruno Tetê, diretor social da Lierj.

A ação contempla cerca de 1,8 mil famílias que têm enfrentado dificuldades durante este período de pandemia. A Lierj, recentemente, prorrogou para 07 de dezembro o prazo para entrega dos sambas-enredo de suas 15 agremiações filiadas para o próximo Carnaval.