Imagem ilustrativa  - Gilvan de Souza
Imagem ilustrativa Gilvan de Souza
Por O Dia
Rio - A irresponsabilidade dos motoristas durante a quarentena, em virtude da diminuição do volume de tráfego nas vias foi registrada pelos radares da CET-Rio nas principais vias da cidade onde o índice chegou ao triplo das velocidades permitidas. A velocidade mais alta foi registrada na Avenida Brasil, no trecho de Santa Cruz, onde um motorista atingiu 171 km/h.
De acordo com o órgão, pelo Código de Trânsito Brasileiro, as multas em transitar em velocidade superior a 50% da máxima permitida, são gravíssimas no valor de R$ 880,41 e a suspensão da Carteira Nacional de Habilitação.
Publicidade
Para o presidente da CET-Rio, Airton Aguiar, "Essa conduta é lamentável e muito triste, colocando em risco a sua vida e a dos demais motoristas, praticando velocidades como se estivesse no circuito de fórmula 1."
Veja abaixo as maiores velocidades registradas pelos radares da CET-Rio durante a quarentena:
Publicidade
 
Velocidades referentes aos meses de abril, maio e junho - CET-Rio / Divulgação