Leandro Loft tentou fugir, mas foi capturado pelos agentes da 93ª DP  - Divulgação
Leandro Loft tentou fugir, mas foi capturado pelos agentes da 93ª DP Divulgação
Por Thuany Dossares
Rio - Acusado de matar uma bebê de apenas dois anos de idade, Leandro Lopes de Melo, o Leandro Loft, de 36 anos, foi preso, na tarde desta quarta-feira, em Bangu, na Zona Oeste do Rio, por policiais da 93ª DP (Volta Redonda). O crime aconteceu em março de 2007, na favela da Vila Vintém. 
De acordo com a Polícia Civil, a menina foi morta durante uma guerra entre traficantes rivais da comunidade do Fumacê, ligados ao Terceiro Comando Puro (TCP), e da Vila Vintém, ligados à facção Amigo dos Amigos (ADA).

Os agentes explicaram que, na época, os confrontos armados eram frequentes. Leandro Loft integrava o tráfico do Fumacê e o padrasto de Maria Fernanda Guerra de Santana era apontado como membro da quadrilha rival.

Segundo a distrital, Maria Fernanda foi baleada por Loft, enquanto andava de bicicleta pelas ruas da Vila Vintém. Os disparos tinham como alvo o seu padrasto.

Após três dias de vigilância, os policiais da 93ª DP encontraram Leandro Loft na Rua da Cegonha, em Bangu. Ele ainda tentou fugir, mas acabou detido. Contra o criminoso, foi cumprido mandado de prisão condenatória que o atingiu com 23 anos de reclusão.