A dupla é suspeita de executar uma jovem no Morro do Urubu, em fevereiro de 2019 - Asouza / Divulgação
A dupla é suspeita de executar uma jovem no Morro do Urubu, em fevereiro de 2019Asouza / Divulgação
Por O Dia
Rio - O Portal dos Procurados divulgou, nesta quinta-feira um cartaz para ajudar a Delegacia de Homicídios da Capital com informações que levem à prisão de Geovani Lameira Antônio, de 27 anos e Rafael Cardoso Valle, de 31. Eles são os principais suspeitos de envolvimento na morte de Beatriz Schunk Mendes, de 18 anos, morta em fevereiro do ano passado, no Morro do Urubu, em Piedade, na Zona Norte do Rio.
De acordo com as investigações, os dois são ligados ao tráfico de drogas do Morro do Engenho, da facção Comando Vermelho, e são considerados foragidos da Justiça.
Publicidade
O crime
A vítima foi assassinada na madrugada do dia 25 de fevereiro de 2019 próximo ao Morro do Urubu após ir a um bar na região depois de um bloco de Carnaval. O crime aconteceu em uma das entradas do morro localizado na Rua Luís Vargas.
Publicidade
Ainda segundo a polícia, um carro com integrantes da facção rival ao Morro do Urubu (TCP), parou e homens atiraram contra o grupo. Beatriz foi atingida no tórax e acabou morrendo no local. À época foi realizada uma perícia e testemunhas foram ouvidas. 
Após intensa investigação, agentes da delegacia que investiga o caso chegaram até os autores do crime, que além de matar Beatriz, também executaram um rapaz, que não teve o nome divulgado, no dia 2 de fevereiro deste ano por desavenças contra os criminosos. 
Publicidade
Contra Geovani consta um mandado de prisão em aberto pelo crime de homicídio qualificado e tráfico de drogas. Rafael possui um mandado pelo crime de posse ou porte ilegal de arma. 
Quem tiver qualquer informação a respeito da localização dos assassinos, pode denunciar pelos seguintes telefones:(21) 98849-6099; 2253-1177, ou pelas redes sociais do Disque-Denúncia.