PM investiga se policiais receberam auxílio emergencial do governo irregularmente

Corregedoria Geral Unificada (CGU) da Secretaria de Segurança do Estado do Rio de Janeiro identificou que centenas de policiais militares do Rio são suspeitos de terem recebido irregularmente o auxílio emergencial do Governo Federal

Por O Dia

Processos serão remetidos para a Corregedoria Geral da Polícia Militar que irá apurar os casos individualmente
Processos serão remetidos para a Corregedoria Geral da Polícia Militar que irá apurar os casos individualmente -
Rio - A Corregedoria Geral Unificada (CGU) da Secretaria de Segurança do Estado do Rio de Janeiro identificou que centenas de policiais militares do Rio são suspeitos de terem recebido irregularmente o auxílio emergencial do Governo Federal. O Tribunal de Contas do Estado auxilia a CGU nesta investigação. A Polícia Militar informa que a Diretoria Geral de Pessoal (DGP) está reunindo as informações prestadas por cada uma das unidades operacionais e administrativas da Corporação a respeitos dos policiais militares, cujos CPFs fazem parte do relatório do TCE-RJ. A informação foi publicada neste domingo pelo jornal O Globo e confirmada pelo O Dia.
Foi formada uma comissão na DGP para avaliar cada um desses relatórios e, se for o caso, determinar novas diligências.

Após essa etapa, os processos serão remetidos para a Corregedoria Geral da Polícia Militar que irá apurar os casos individualmente para dar sustentação às medidas subsequentes que serão adotadas pela área correcional da Corporação.

A Polícia Militar ressalta que não compactua com quaisquer desvios de conduta por parte de seus integrantes, mas respeita o direito constitucional à ampla defesa e ao contraditório.

Comentários