Crivella pode perder eleitores para Benedita, Lima e Martha Rocha - Ricardo Cassiano
Crivella pode perder eleitores para Benedita, Lima e Martha RochaRicardo Cassiano
Por O Dia
Rio - O prefeito Marcelo Crivella (Republicanos) voltou a defender a reabertura das escolas no município, em uma transmissão ao vivo em suas redes sociais, na noite desta segunda-feira. Na live, Crivella deu destaque ao funcionamento dos refeitórios das unidades educacionais para o fornecimento de merendas aos alunos, mas também citou os professores.
"Eu sou grupo de risco. Eu parei de trabalhar um dia?", o prefeito perguntou à secretária Municipal de Educação, Talma Suane, e ao vereador Felipe Michel (Progressista), que o acompanham. "Então, por que um professor de 20, 30 anos sem comorbidade não pode trabalhar? Ou uma merendeira de 20, 30 anos não pode trabalhar?".
Publicidade
Desde que Crivella anunciou a reabertura das escolas particulares para o início do mês, o assunto tem enfrentado uma divergência de posicionamentos, com a Justiça impedindo a volta das aulas. Na live de ontem, o prefeito chegou a criticar a atuação de sindicatos sobre o caso
"O sindicato não pensa na criança. Ele tá pensando no voto que vai ter no professor para se manter no poder (...) Infelizmente, o Ministério Público, o sindicato, a Justiça, fecharam os refeitórios das nossas criancinhas, como a gente sabe", criticou.
Publicidade
VOLTA DAS AULAS SEM DATA
Na manhã desta terça, a prefeitura disse que a fala de Crivella ontem foi sobre a reabertura dos refeitórios das escolas públicas, "sob o cumprimento de todos os cuidados sanitários, para oferecer alimentação de qualidade, incluindo proteínas — carne, peixe e frango aos alunos".
Publicidade
"O retorno presencial de aulas na rede pública municipal de ensino ainda não tem data marcada, mas vem sendo debatido pela Secretaria Municipal de Educação com os representantes envolvidos. Quando este retorno acontecer, precisará também seguir as regras sanitárias do novo normal para a proteção de alunos, professores e demais trabalhadores. Enquanto isso, a prefeitura disponibiliza aulas pelo aplicativo SME Carioca 2020, de fácil manuseio, com mais de 6 milhões de acesso e por canais de TV aberta", o município reforçou, em nota.