Ator Jonathan Azevedo entrevista Paulão Costa, diretor de Produção e Platô, às 17h desta terça-feira, no Instagram @filma.rio - DIVULGAÇÃO
Ator Jonathan Azevedo entrevista Paulão Costa, diretor de Produção e Platô, às 17h desta terça-feira, no Instagram @filma.rioDIVULGAÇÃO
Por O Dia
Mais uma edição da série Duetos Digitais, promovida pelo Coletivo FilmaRio, acontece nesta terça-feira (18), às 17h, no instagram @filma.rio. O ator Jonathan Azevedo entrevista Paulão Costa, diretor de Produção e Platô, que já fez mais de 100 filmes em vinte anos de mercado audiovisual. Entre eles estão Simonal, Meu Nome não é Johnny, Loucas pra Casar, Trash, Cidade dos Homens e a série Santos Dumont - Mais Forte que o Ar.
Já Jonathan, presença marcante em novelas, tem na bagagem diversos filmes de sucesso, como Meu Nome não é Johnny, Tim Maia, entre outros. Num mercado predominantemente branco, onde os pretos não ocupam posições de destaque, a live de hoje tem uma carga ainda mais simbólica: o ator conversa com um profissional igualmente preto.

O Diretor de Produção é, abaixo do Produtor Executivo, o cargo mais importante dentro do audiovisual. E, além de Diretor de Produção, Paulão Costa é Platô, ou seja, a pessoa que, literalmente, controla o set de filmagem. No Rio de Janeiro, é o único preto a ocupar este cargo.

A série Duetos Digitais é uma iniciativa do Coletivo FilmaRio e começou para dar visibilidade à campanha de distribuição de cestas básicas para os técnicos do audiovisual que estão em dificuldade neste momento, já que, desde o início da pandemia, estão parados.

Na primeira fase da campanha, que teve um vídeo de divulgação com a presença de Paulo Gustavo, Wagner Moura, Mariana Ximenes, Fernanda Torres, Caetano Veloso e outros artistas que cederam suas imagens voluntariamente, o Coletivo conseguiu ajudar mais de 500 famílias com cestas básicas.

Agora está em andamento a segunda fase, aguardando contribuições para continuar a auxiliar mais famílias. Para contribuir com a Vakinha, basta clicar no link http://vaka.me/1029425. A doação mínima é de R$ 25.