O casal foi preso enquanto estava na ponte Rio-Niterói voltando do feriado - Daniel Castelo Branco
O casal foi preso enquanto estava na ponte Rio-Niterói voltando do feriadoDaniel Castelo Branco
Por O Dia
Publicado 10/09/2020 15:38 | Atualizado 10/09/2020 15:43
Rio de Janeiro - Policiais civis prenderam, nesta terça-feira, um casal que estava foragido da Justiça por tráfico de drogas. Segundo os agentes, eles chefiavam a organização criminosa que atua na comunidade Melhoral, em Guadalupe, e foram capturados na Ponte Rio-Niterói quando retornavam da Região dos Lagos, onde foram passar o feriado. Os presos não tiveram o nome divulgado.

A dupla foi alvo da Operação Laden, que apura o envolvimento de traficantes das comunidades Mundial e Proença Rosa, ambas em Honório Gurgel, nos roubos de cargas e veículos ocorridos naquela região. Durante as investigações, foi constatado que os traficantes dessas localidades teriam se aliado a criminosos da comunidade da Melhoral. A operação resultou na decretação da prisão preventiva de 14 integrantes da organização criminosa, sendo que 10 já foram presos.

O homem possui diversas anotações criminais e foi um dos maiores assaltantes de banco no início dos anos 2000. Ele ficou 18 anos presos e foi liberado recentemente. A apuração demonstrou ainda que mesmo preso ele comandava o tráfico de drogas da Melhoral e sua companheira geria as atividades ilícitas, funcionando como elo de ligação com os demais integrantes da organização criminosa que atua na comunidade.