Prefeitura anuncia volta de cinemas e teatros com 50% da capacidade

Plano de retomada proíbe bares, lanchonetes e restaurantes de venderem bebidas alcoólicas para o consumo externo de clientes, a partir de 22h

Por O Dia

Marcelo Crivella
Marcelo Crivella -
Rio - O prefeito do Rio, Marcelo Crivella, anunciou nesta sexta-feira novas medidas no plano de retomada de atividades no município. As novas regras para a fase 6A liberam o horário de funcionamento do comércio de rua, incluindo galerias e centros comerciais, desde que seguidas as chamadas regras de ouro. A partir desta segunda-feira, cinemas, teatros e anfiteatros poderão voltar a funcionar, mas respeitando o limite de 50% de sua capacidade e com lugares marcados. Estão proibidos o consumo e a venda de bebidas e alimentos nestes estabelecimentos.

Galeria de Fotos

Marcelo Crivella Divulgação / Edvaldo Reis
Marcelo Crivella Divulgação / Edvaldo Reis
Marcelo Crivella Divulgação / Edvaldo Reis
O plano de retomada ainda proíbe bares, lanchonetes e restaurantes de venderem bebidas alcoólicas para o consumo externo de clientes, a partir de 22h. A proibição também se aplica a ambulantes. As punições passam a ser mais rigorosas: o estabelecimento comercial que desobedecer às regras e promover aglomerações, o que inclui os quiosques, será interditado por sete dias, e não mais 24 horas. O valor da multa será de R$ 13 mil e, em caso de reincidência, dobrará para R$ 26 mil.
O estacionamento na orla do Rio também será proibido aos sábados, domingos e feriados. Ao anunciar as medidas, o prefeito frisou que todas foram tomadas em parceria com o Governo do Estado e tem como  objetivo conter as aglomerações sem o uso de máscaras, o que pode elevar a curva de contágio da covid-19. Ele afirmou que equipes de fiscalização estarão nas ruas, mas apelou à população que se conscientize sobre a gravidade deste momento e colabore.

"Quero fazer um apelo veemente à população do Rio de Janeiro: não vamos aglomerar sem máscara. Você pode ter saúde perfeita, ser jovem, mas pode ser um portador assintomático e levar involuntariamente vírus para uma pessoa de grupo de risco. Faço um apelo à consciência das pessoas. E há aglomeração sem máscaras nos bares e nas praias. Nesses locais, é preciso ter cuidado extraordinário", afirmou o prefeito.


Comentários