Reduto do samba se muda pra Tijuca

Restaurante voltará a abrir as portas em janeiro do ano que vem

Por O Dia

Pouco mais de dois meses depois de anunciar o fechamento por conta da crise provocada pelo novo coronavírus, o Baródromo promete reabrir as portas. A previsão é reinaugurar em 2021. E o espaço terá um novo endereço: deixará a Lapa e irá para a Tijuca.

Com a previsão de abertura para janeiro, Felipe Trotta, dono do Baródromo, anuncia que o restaurante deixará o Centro e irá para a Zona Norte. "Depois que fechamos as portas, encontramos um novo ponto para os amantes do Carnaval e do Samba, mas na Tijuca. Em frente à Praça Niterói, no Maracanã, numa esquina aprazível e de fácil acesso, o novo local vai abrigar tudo de melhor que vivemos até aqui", adiantou.

Entretanto, para que a reabertura seja possível, foi criada uma campanha de consumo antecipado com prêmios. O esquema é o seguinte: o valor que você doar será revertido em consumação quando o Baródromo reabrir. Se você tiver interesse em já garantir a sua gelada para tomar em janeiro ouvindo um samba de qualidade, basta acessar abacashi.com/p/o-barodromo-ta-voltando e fazer a contribuição.

Criado há cinco anos, com o objetivo de ser um bar que homenageasse o Carnaval, o Baródromo acabou se tornando um lugar adorado por ser um restaurante com a decoração inspirada nas escolas de samba e na Marquês de Sapucaí. Não à toa, passou a ser frequentado pelo povo do samba. "'Minha segunda casa', foi o que eu mais ouvi nesses anos. O fechamento mexeu com esse povo. Machucou o coração da galera", disse Trotta.

Comentários