No sistema Guandu, manutenção é realizada anualmente - Reprodução
No sistema Guandu, manutenção é realizada anualmenteReprodução
Por O Dia
Rio - Após o atraso na manutenção anual feita pela Cedae no Sistema Guandu, que estava prevista para acabar na noite de quinta-feira, hospitais e outros serviços essenciais, recorreram a um esquema especial com oferta de carros-pipa durante este período. A Cedae orienta que clientes que possuam sistema de reserva interna (cisterna e/ou caixa d’água) utilizem a água armazenada somente para tarefas essenciais. A previsão é de que o sistema seja normalizado em até 48 horas. 
Nesta tarde, técnicos da companhia realizaram um reparo na Elevatória Lameirão – conjunto de equipamentos que bombeia água para os municípios do Rio de Janeiro e Nilópolis. Às 18h40 a elevatória já estava funcionando com 100% de sua capacidade total. Com isso, as adutoras estão em carga, retomando a distribuição de água. A previsão é de que o abastecimento seja normalizado em até 48 horas.
Publicidade
De acordo com a Cedae, como as bombas ficam localizadas a cerca de 64 metros de profundidade, há maior complexidade na realização do reparo, e, por isso, o serviço precisa ser feito de forma gradativa a fim de evitar o comprometimento da estrutura da unidade.
A estação do Guandu atende aos seguintes municípios:
Publicidade
1. Rio de Janeiro
2. Duque de Caxias
3. São João de Meriti
4. Nova Iguaçu
5. Queimados
6. Mesquita
7. Nilópolis
8. Belford Roxo