Instituto Le Cordon Bleau terá 15 bolsistas da Faetec - Divulgação
Instituto Le Cordon Bleau terá 15 bolsistas da FaetecDivulgação
Por O Dia
Os candidatos ao processo seletivo 2020 para estudar na Le Cordon Bleu, por meio da parceria com Fundação de Apoio à Escola Técnica (Faetec), foram surpreendidos com uma boa notícia: mais cinco concorrentes classificados no concurso serão convocados para participar do curso Cordontec. As atividades do instituto de culinária foram retomadas e a turma, que estava prevista para iniciar em março, começa este mês já com os novos alunos, somando 15 bolsistas. A lista completa dos aprovados está no site da Selecon, banca organizadora do certame.

O processo de admissão da escola de Botafogo incluiu sorteio público, na primeira fase; seguido por prova, avaliação socioeconômica e teste de aptidão técnica. A parceria entre Faetec e Le Cordon Bleu prevê oferta de bolsas de estudos para 5% da turma no curso de Educação Profissional, equivalente a cinco vagas. No entanto, desta vez, serão 15 candidatos beneficiados no último processo seletivo.

"A Faetec recebe com muita alegria a decisão da Le Cordon Bleu em aumentar as vagas na turma Cordontec, principalmente no momento em que estamos vivendo, tão atípico para toda a sociedade. É um ganho enorme para os jovens que buscam uma qualificação para o mercado de trabalho", afirma Maicon Lisboa, presidente da Faetec.

Mais de 5.600 mil candidatos se inscreveram para o processo seletivo. Entre os requisitos para os critérios de admissão na Escola Internacional de Gastronomia, os participantes tiveram que comprovar renda familiar de até quatro salários mínimos, ter concluído integralmente o ensino público no Rio de Janeiro e apresentar uma declaração de hipossuficiência.

A secretária de Estado de Ciência, Tecnologia e Inovação, Maria Isabel de Castro, ressaltou a relevância dessa nova convocação para os selecionados. “Aprender com a maior escola de gastronomia do mundo é uma oportunidade ímpar que vai alavancar o currículo dos estudantes. Recebi essa notícia com muita alegria e com a certeza de que mais vagas sinalizam mais sonhos realizados, além de mais profissionais qualificados. Desejo que todos desfrutem e absorvam o máximo de conhecimento possível dessa incrível experiência”, finalizou a secretária.

A formação profissional, incluindo currículo e metodologia, é idêntica à aplicada nas unidades do instituto no exterior. O curso Cordontec, com carga horária de 800 horas, vai ensinar técnicas de pâtisserie, cuisine, boulangerie e serviço de salão. Ao final, os estudantes receberão certificado de conclusão emitido pelo Le Cordon Bleu e Faetec.