Prefeitura fiscaliza bares e restaurantes e aplica seis multas em estabelecimentos por aglomeração e excesso de mesas e cadeiras - Divulgação Seop / Prefeitura Rio
Prefeitura fiscaliza bares e restaurantes e aplica seis multas em estabelecimentos por aglomeração e excesso de mesas e cadeirasDivulgação Seop / Prefeitura Rio
Por O Dia
Rio - A Prefeitura do Rio, por meio da Subsecretaria de Vigilância Sanitária da Secretaria Municipal de Saúde, das secretarias de Fazenda e Ordem Pública, e da Guarda Municipal, deu continuidade às ações de fiscalização na cidade noite desta sexta-feira. 
As equipes estiveram em diversos pontos, incluindo bares e restaurantes, para verificar o cumprimento das medidas sanitárias adotadas durante a pandemia da Covid-19, como o combate a aglomerações e o uso obrigatório da máscara. Seis estabelecimentos foram multados por aglomeração, desrespeitando as regras.
Publicidade
Desde a reabertura dos bares e restaurantes, autorizada em 2 de julho de acordo com a Fase 3A do plano de retomada das atividades econômicas, a Vigilância Sanitária registrou 1.696 inspeções em toda a cidade, com 732 multas aplicadas. Também foram feitas 91 interdições por irregularidades como descumprimento das Regras de Ouro, falta de higiene, aglomeração, entre outras.
No total, desde o início da pandemia, em março, a Vigilância Sanitária fez 10.588 inspeções com foco em coibir o descumprimento das Regras de Ouro, a falta de condições higiênico-sanitárias, e aglomerações. Foram aplicadas 4.739 infrações, sendo 555 por aglomeração, e 276 estabelecimentos foram interditados.
Publicidade
Na manhã deste sábado, a Secretaria de Ordem Pública (Seop) reúne diversos órgãos municipais para atuar em Copacabana e no Leblon, na Zona Sul. A operação contempla ainda o atendimento à população em situação de rua.
Na sexta, a força-tarefa fiscalizou 17 estabelecimentos na Taquara e Vila Valqueire, na Zona Oeste, e Botafogo, na Zona Sul, em atendimento a denúncias de irregularidades. Foram aplicadas, ao todo, seis multas por aglomeração e excesso de mesas e cadeiras. Além disso, três ambulantes sem autorização foram orientados a desocupar o espaço público, e um veículo foi removido por estacionamento irregular.