Festa com aglomeração em meio à pandemia de covid-19 - Divulgação / Guarda Municipal
Festa com aglomeração em meio à pandemia de covid-19Divulgação / Guarda Municipal
Por O Dia
Publicado 27/09/2020 18:09 | Atualizado 27/09/2020 19:42
Rio - Uma festa de casamento foi interrompida, na noite desta sábado, durante uma operação conjunta da Guarda Municipal com policiais militares da 17º BP (Ilha) para constatar denúncia de aglomeração em um espaço para eventos, chamado Guanabara Beach Lounge, localizado na Praia da Guanabara, na Ilha do Governador, Zona Norte do Rio.

Ao chegar no local, o comboio formado por guardas municipais da 12ª Inspetoria (Ilha do Governador) e da PM constatou que o evento denunciado por vizinhos da região se tratava de uma festa de casamento com mais de 100 convidados e músicos integrantes de uma bateria de escola de samba, inclusive.

Em seguida, os agentes foram recebidos com hostilidade pelos convidados do casamento, o que gerou um princípio de tumulto entre o público presente e os agentes de segurança pública. Como o dono pelo espaço de eventos não se encontrava no momento, uma amiga do noivo se apresentou como responsável pela realização da festa.

Com a festa interrompida, os convidados foram se retirando do local posteriormente. A mulher responsável foi notificada pelos guardas e conduzida para a 37ª DP (Ilha do Governador), onde o caso foi registrado como perturbação do sossego.

Em nota, a Coordenadoria de Licenciamento e Fiscalização informou que vai verificar a documentação do estabelecimento e esclarece que eventos desse tipo não tem autorização para ocorrerem na atual fase de reabertura. Em casos como esse, o estabelecimento pode ser multado, interditado e ter iniciado os procedimentos para cassação do alvará.