Parque Nacional da Tijuca reabre mais pontos turísticos nesta quinta-feira, como cachoeiras e mirantes

Flexibilização nas regras de visitação durante a pandemia acompanha o avanço para a fase 6B no município do Rio de Janeiro

Por O Dia

Com exceção da cachoeira da Cascatinha e das duchas localizadas na Estrada do Redentor, todas as demais cachoeiras do Parque voltam a ter permissão para banho
Com exceção da cachoeira da Cascatinha e das duchas localizadas na Estrada do Redentor, todas as demais cachoeiras do Parque voltam a ter permissão para banho -
Rio - O Parque Nacional da Tijuca informa que, a partir desta quinta-feira, está permitida a visitação em alguns mirantes e também o banho em algumas cachoeiras. Essa flexibilização é possível devido ao avanço para a fase 6B, implementada pela prefeitura do município do Rio de Janeiro no último dia 1º de outubro de 2020. Essas proibições e interdições estavam em vigor no Parque desde 9 de julho de 2020, quando foi determinada a reabertura parcial da Unidade de Conservação (UC).
Neste documento, foi estabelecido que o Parque, de acordo com as legislações municipal e estadual, também avançasse na flexibilização do uso de seu espaço. Por isso, a fase 6B em todo o município do Rio levará às seguintes permissões dentro do Parque Nacional da Tijuca:

- Com exceção dos mirantes Dona Marta e da Cascatinha, fica liberada a visitação em todos os demais. Exemplos que voltam a abrir para receber o público: mirante da Vista Chinesa, da Mesa do Imperador, do Excelsior entre outros;

- O topo das trilhas estará liberado para contemplação. Porém, durante o descanso, o visitante deve estar de máscara e evitar aglomerações. No caso da Pedra Bonita, continua valendo o esquema de visitação autorizada somente durante a semana e no horário de funcionamento do Parque. Nos fins de semana e feriados, a trilha é fechada para a visitação com o objetivo de evitar aglomerações em seu cume. Esta ação está em vigor desde o dia 24 de agosto de 2020;

- Com exceção da cachoeira da Cascatinha e das duchas localizadas na Estrada do Redentor (via compreendida entre a Rua Boa Vista e o Centro de Visitante Paineiras), todas as demais cachoeiras do Parque voltam a ter permissão para banho.

Algumas restrições vão continuar

Desde o dia 15 de agosto de 2020, a visitação ao mirante do Corcovado, onde fica o Cristo Redentor, estava permitida. Nesta data, voltaram a funcionar os serviços de transporte de passageiros operados pelas concessionárias Trem do Corcovado e Paineiras-Corcovado.

Desde o dia 7 de julho de 2020, o Parque estava reaberto parcialmente para o público. Na época, a medida foi adotada para permitir a prática de atividades físicas como caminhada, corrida e ciclismo.

O avanço na flexibilização do uso do espaço do Parque ainda é parcial. A Unidade de Conservação, com o objetivo de minimizar ao máximo os riscos de contágio do coronavírus, vai manter as seguintes orientações e proibições:

- diante da presença de sintomas como febre, tosse, coriza, dor de garganta, dificuldade para respirar, perda de paladar, e diagnóstico confirmado de Covid-19, o visitante deve praticar o auto isolamento por 14 dias e não entrar nos limites do Parque Nacional da Tijuca;

- é obrigatório o uso de máscara de proteção facial (ainda que artesanal) durante todo o período que estiver no interior do Parque, sendo que a máscara deve estar cobrindo a região do nariz e da boca; estando claro que esta é uma responsabilidade do visitante;

- respeito ao distanciamento mínimo de 2 metros entre as pessoas, de modo a evitar aglomerações;

- respeito aos cordões de isolamento instalados em pontos específicos da unidade com o objetivo de prevenir a formação de aglomerações;

- a responsabilidade pelo porte e utilização de álcool em gel é do visitante. O Parque não se responsabiliza pela oferta do álcool em gel;

- está proibido o acesso a todas as áreas de convivência ao ar livre, sobretudo os espaços de alimentação compartilhada, tais como: áreas de piquenique, de churrasco etc;

- está proibido a realização de confraternizações e de eventos presenciais em áreas abertas da unidade;

- o visitante deverá dar a destinação adequada ao próprio lixo gerado, transportando-o para fora dos limites do Parque;

- Permanece a limitação de grupos de até 10 pessoas por passeio ou trilha;

- Permanece fechado o acesso por veículos motorizados em todo o Parque, com exceção do acesso ao setor Serra da Carioca e apenas pela guarita do Silvestre (Rua Almirante Alexandrino), que garante a chegada de carro até o Centro de Visitantes Paineiras pela Estrada das Paineiras, de onde o visitante pode continuar a viagem de trem ou de van em direção ao Corcovado, onde está o Cristo Redentor; As demais áreas do Parque continuarão com o acesso de veículos motorizados (motos, carros, caminhões, vans) impedidos;

- O horário de funcionamento não foi alterado. O Parque fica aberto das 8h às 17h, todos os dias (incluindo fim de semana e feriados);

- Segue limitado o número de pessoas que acessam a trilha Parque Lage-Corcovado, nos fins de semana e feriados, desde o dia 19 de setembro de 2020. Com exceção dos dias úteis da semana, são permitidas apenas 25 pessoas, por hora, na trilha que da acesso ao Corcovado e que tem o seu início a partir de dentro do Parque Lage. Este controle ocorre dentro do horario de funcionamento da trilha, que e das 9h as 14h (a ultima hora é das 14h as 15h), e somente nos fins de semana.

Comentários