Polícia prende suspeitos de aplicar golpe de motoboy em hotel de Copacabana

Homens foram capturados após aplicarem a fraude em um idosa

Por O Dia

Suspeito é preso em Copacabana
Suspeito é preso em Copacabana -
Rio - Agentes da 15ª DP (Gávea) prenderam em flagrante, nesta madrugada, dois homens, de 27 e 29 anos, por aplicarem o golpe do motoboy. A prisão aconteceu em um hotel em Copacabana, na Zona Sul do Rio, após os criminosos aplicarem a fraude em uma idosa de 63 anos, moradora do Jardim Botânico.

De acordo com o delegado titular da unidade, Daniel Rosa, os dois presos são de São Paulo e praticavam os crimes em bairros da Zona Sul. Neste golpe, os criminosos ligam pra residência das vítimas se identificando como gerentes de banco e dizem que o cartão da vítima foi clonado. Horas após, um integrante do bando, vai à residência da vítima, pega o cartão supostamente clonado e o celular da vítima dizendo que os levaria para perícia.
Apreensão da polícia - Divulgação


Ainda segundo o delegado, durante a prisão os criminosos ofereceram R$ 5 mil aos agentes para não serem autuados e receberam voz de prisão pelo crime de corrupção ativa, além do estelionato. Com eles foram encontrados 32 cartões de banco, 15 máquinas de cartão, dinheiro das vítimas, a roupa e a motocicleta usadas no crime e cinco crachás de bancos usados no golpe. Os bens subtraídos da vítima foram devolvidos.

O delegado faz um alerta para que a população se previna e nunca entregue cartões ou pertences a desconhecidos. "Os bancos não têm como prática pegar pertences de seus correntistas. Caso fique na dúvida, sempre é importante ligar para a delegacia da Gávea (2332-2908) ou diretamente para o banco para confirmar que se trata de um golpe", afirmou.

Galeria de Fotos

Suspeito é preso em Copacabana Reprodução
Apreensão da polícia Divulgação

Comentários