Adolescente morre após ser baleado na Avenida Brasil

Leônidas, de 12 anos, foi atingido ao sair de casa para ir ao supermercado com a avó, na via expressa, à margem da favela Nova Holanda, no Complexo da Maré

Por O Dia

Hospital Geral de Bonsucesso
Hospital Geral de Bonsucesso -
Rio - Um menino de 12 anos morreu, na noite desta sexta-feira, após ser baleado na cabeça durante um tiroteio na Avenida Brasil, na altura de Bonsucesso, na Zona Norte do Rio. Segundo informações, Leônidas foi atingido ao sair de casa para ir ao supermercado com a avó, na via expressa, à margem da favela Nova Holanda, no Complexo da Maré.
De acordo com testemunhas, o motorista de um carro, que estaria sendo perseguido por outros dois veículos, teria iniciado uma troca de tiros próximo ao supermercado Vianense, altura da passarela 9, na Av. Brasil. Um dos disparos entre os ocupantes dos veículos atingiu o adolescente na cabeça. Leônidas chegava no mercado acompanhado da avó. Ela não foi atingida.
Os tiros atingiram também uma mulher. Ela e Leônidas foram socorridos e levados ao Hospital Federal de Bonsucesso (HFB). O adolescente chegou a ser submetido a uma cirurgia, mas acabou morrendo. A mulher sobreviveu, mas até as 20h desta sexta-feira não havia informações sobre seu estado de saúde.
A informação sobre o confronto, contudo, não é confirmada pela Polícia Militar. Em nota, a corporação informou que apenas um motorista alertou PMs do 22º BPM (Maré) que estava sendo perseguido por dois carros. Ao passarem pela viatura, baseada próximo ao local onde Leônidas foi atingido, os ocupantes desses veículos teriam disparado contra os policiais. O confronto aconteceu na pista sentido Zona Oeste.
Todos os envolvidos no tiroteio fugiram. Inicialmente, o caso foi encaminhado para a 21ª DP (Bonsucesso), mas com a morte do adolescente, a DH assume a investigação. Até a manhã deste sábado, o autor do disparo que atingiu Leônidas não havia sido identificado.
 

Comentários